Em jogo histórico, PSG vira contra Atalanta e segue vivo na Champions League

Depois de 25 anos, parisienses chegam à semifinal. Franceses aguardam o resultado de Atléti e RB Leipizig para conhecer o próximo adversário.
13/08/2020 2:20 PM
PSG Atalanta
© Paris Saint-Germain

O PSG eliminou a Atalanta por 2 a 1, no Estádio da Luz, na quarta-feira (12). O resultado classifica os parisienses pela segunda vez na história às semifinais de Liga dos Campeões. Pasalic descontou para os italianos, mas, Marquinhos e Choupo-Moting deixaram os deles para o time da capital.

O técnico Gian Piero Gasperini escalou a equipe no 3-4-2-1. Thomas Tuchel, por sua vez, preferiu o tradicional 4-3-3.

Thiago Silva e Kimpembe tomaram conta da defesa.

Marquinhos foi deslocado para volante, junto com Ander Herrera e Gueye. Na frente, a tríade formada por Sarabia, Mauro Icardi e Neymar.

No primeiro tempo, o goleiro Keylor Navas, fez fantásticas defesas evitando o gol. Mas isso não evitou que aos 27, em troca de passes, La Dea abrissem a contagem.

O croata Pasalic, chutou no canto direto de Navas, sem possibilidade de defesa.

O brasileiro Neymar, foi o principal destaque no ataque, criando duas chances de gols, uma com pé direito e outra com pé esquerdo.

No segundo tempo, o PSG, dominou com Neymar se esforçando em busca do empate.

As substituições feitas por Tuchel nos 80 minutos, foram determinantes: Sarabia, Herrera, Gueye e Icardi saíram para as entradas de Mbappé, Draxler, Paredes e Choupo-Moting.

Aos 90, em domínio de Neymar após jogada iniciada por Choupo-Moting, o brasileiro deu uma espécie de assistência para Marquinhos igualar.

A remontada aconteceu com passe magistral de Neymar que acionou Mbappé, o francês deixou a bola para o camaronês Choupo-Moting, fazer o gol da classificação.

Depois de 25 anos, o Paris Saint-Germain chega à semifinal de Champions.

Na temporada 1994/1995, a equipe tinha Raí, tetracampeão da Seleção Brasileira e ex-jogador do São Paulo, junto com George Weah, único africano a receber o prêmio Bola de Ouro da história e o francês David Ginola.

Os parisienses esperam o resultado de Atlético de Madrid e RB Leipzig, para saber o próximo adversário no confronto realizado na próxima terça-feira(18),  às 16h (horário de Brasília).

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0