O legado de Flamengo x Santos ao futebol brasileiro

Dez anos se passaram desde que Neymar e Ronaldinho Gaúcho protagonizaram um dos melhores duelos da história do futebol brasileiro.

Durante aquela noite de 27 de julho de 2011, o futebol brasileiro parou na Vila Belmiro. Um placar de 5 a 4 protagonizado por Ronaldinho e Neymar durante a vitória do Flamengo contra o Santos.

Naquele ano, Neymar havia se tornado campeão da Libertadores da América com o Santos. Igualmente, Ronaldinho devolveu ao Flamengo a alegria de sonhar com o título de campeão brasileiro. Cerca de 10 anos depois, pouco importa quem venceu, o legado da partida permanece.

Camisas grandes

Santos e Flamengo são camisas tradicionais do futebol brasileiro. Assim também, berços dos maiores talentos brasileiros, como Pelé e Zico que desfrutaram as famosas listras em preto e branco e rubro-negro, respectivamente.

Vestindo aquelas cores estavam o passado e o futuro da Seleção Brasileira: Ronaldinho e Neymar.

Roteiro louco, gol perdido, embaixadinhas do goleiro e obra de arte de Neymar remetem a um futebol jamais visto no Brasil.

Início de Flamengo x Santos

Primeiramente, o Santos abriu o placar logo aos 5 minutos. Borges aproveitou passe de Elano para chutar cruzado e abrir o placar. atacante ampliou aos 16’, aproveitando rebote do goleiro Felipe.

Antes do Santos fazer o terceiro, Deivid, do Flamengo, conseguiu desperdiçar com gol aberto, perdendo a chance de descontar

Aos 26 do primeiro tempo, Neymar disparou no meio-campo, tabelou com Borges, enquanto seguia pressionado pela marcação adversária. Em uma fração de segundos, deu um drible espetacular no zagueiro Ronaldo Angelim e marcou o golaço. Santos 3 a 0.

R10 comanda a virada

Ademais, o Flamengo reagiu em minutos: Ronaldinho, aos 28’, aproveitou falha do goleiro Rafael e diminuiu. Aos 32’, Thiago Neves subiu sozinho e, de cabeça, completou.

Criticado e amado, Elano perdeu um pênalti para o Santos ao tentar uma “cavadinha”. Piorando a situação, o goleiro Felipe embalou uma embaixadinha, logo após defender.

Nesse meio tempo, Deivid cabeceou se redimindo do gol perdido no começo da partida, marcando de cabeça após escanteio batido por Ronaldinho.

Com mais um belíssimo gol de Neymar, o Peixe virou no início do segundo tempo, deixando 4 a 3 para o Santos. Mais uma vez através dos pés dos craque, o placar muda. Dessa vez, Ronaldinho empatou com um cobrança de falta por baixo da barreira.

Assim também, quando o 4 a 4 parecia o resultado decisivo, mais uma vez coube a Ronaldinho ser decisivo. marcando o quinto para o Flamengo. Na reta final, o Bruxo decidiu tudo em chute cruzado. Estava decidido. Vitória do time carioca em um jogo de 9 gols.

Legado

Naquele 2011, Neymar ainda não tinha ido ao Barcelona, ou sequer protagonizado a maior transferência ao migrar ao PSG. Era ainda um menino de 18 anos com moicano.

No início de 2012, Neymar recebeu o Prêmio Puskas de 2011 pelo gol marcado naquele jogo. Por marcar o maior gol visto no Brasileirão até o momento.

Bem como, a disputa entre um veterano como Ronaldinho, outrora craque na Europa exibir futebol de alto nível contra um garoto. O gaúcho não era mais o mesmo, mas tinha uma visão impressionante, já Neymar dava as caras em todos os jornais do mundo por sua espetacular performance.

Infelizmente, aproximadamente 10 anos depois, sem investimentos, times brasileiros não conseguem mais segurar suas joias. Fica cada dia mais complicado imaginar que um duelo em altíssimo nível como o daquela noite em Santos possa se repetir.

Sem talentos a serem lapidados, o futebol brasileiro perde o desenvolvimento de craques. Como também, a essência do improviso, características da escola sul-americana.

Artigos Relacionados

nov 10, 2020
Balao Comentario 0
Rubro-negro desembolsará cerca de um milhão de reais para contratar o treinador com a defesa menos vazada do Brasileirão.
nov 22, 2020
Balao Comentario 0
O algoz em muitas temporadas do Fla, não tomou conhecimento e foi engolido na primeira vitória de Rogério Ceni no comando do clube.
nov 19, 2020
Balao Comentario 0
Rogério Ceni e Rubro-negro carioca não sabem o que é vencer a equipe comandada por Fernando Diniz.
nov 15, 2020
Balao Comentario 0
Rubro-negro carioca amarga o quarto jogo sem saber o caminho das vitórias.
nov 09, 2020
Balao Comentario 0
Mesmo em terceiro do Brasileirão, catalão cai sob críticas de torcida, imprensa e até do ídolo Zico.
nov 09, 2020
Balao Comentario 0
Flamengo soma a pior defesa e um recorde de oito tentos sofridos em apenas duas partidas seguidas.