Southampton derrota Liverpool na Premier League

Saints chegam ao G6 do Campeonato Inglês com um grande tropeço do atual campeão e líder.
Southampton x Liverpool
© Liverpool

Pela 17ª rodada da Premier League, o Southampton conquistou a vitória por 1 a 0 diante o Liverpool atuando no Estádio St Mary’s na segunda-feira (4).

Uma ironia do destino: enquanto o Primeiro Ministro Britânico, Boris Johnson instituiu “lockdown” (quarentena total) em seu país, o futebol segue sem sofrer alteração.

A partida contou com os brasucas Alisson, Fabinho e Thiago Alcântara (jogador com ascendência brasileira).

Os Reds contam com a preocupação de perderem Van Dijk, Gomez e Diogo Jota no meio da corrida pelo título, especialmente com o duelo diante o rival Manchester United na rodada seguinte.

Em apenas dois minutos, o tempo preciso ao clube da casa de abrir o placar e sacramentar a vitória. Danny Ings aproveitou o erro da zaga rival e meteu um brilhante esforço sobre Alisson para completar a pelota à baliza.

Até os 38 minutos do primeiro tempo, o Liverpool não havia dado um chute ao gol rival.

Os Reds tiveram chance com o egípcio Mohamed Salah, mas o craque cabeceou na trave ainda no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, um chute do holandês Wijnaldum bate na mão de Stephens, mas o VAR enxerga penalidade.

E ainda aos 67’, Ings tem a possibilidade de alargar o placar, mas isola.

No número ao todo, foram 17 tiros, no entanto apenas um foi eficaz ao clube vermelho da cidade dos Beatles. Enquanto obtiveram 67% de posse de bola.

Já os Saints (Santos em português), apenas dominaram a bola com 33%, enquanto remeteram a pelota à baliza três vezes, de sete chutes totais.

O Liverpool continua líder do Campeonato Inglês com 33 pontos, mesma pontuação de Manchester United.

Pela 17ª rodada da Premier League, o Southampton conquistou a vitória por 1 a 0 diante o Liverpool atuando no Estádio St Mary’s na segunda-feira (4).

Uma ironia do destino: enquanto o Primeiro Ministro Britânico, Boris Johnson instituiu “lockdown” (quarentena total) em seu país, o futebol segue sem sofrer alteração.

A partida contou com os brasucas Alisson, Fabinho e Thiago Alcântara (jogador com ascendência brasileira).

Os Reds contam com a preocupação de perderem Van Dijk, Gomez e Diogo Jota no meio da corrida pelo título, especialmente com o duelo diante o rival Manchester United na rodada seguinte.

Em apenas dois minutos, o tempo preciso ao clube da casa de abrir o placar e sacramentar a vitória. Danny Ings aproveitou o erro da zaga rival e meteu um brilhante esforço sobre Alisson para completar a pelota à baliza.

Até os 38 minutos do primeiro tempo, o Liverpool não havia dado um chute ao gol rival.

Os Reds tiveram chance com o egípcio Mohamed Salah, mas o craque cabeceou na trave ainda no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, um chute do holandês Wijnaldum bate na mão de Stephens, mas o VAR enxerga penalidade.

E ainda aos 67’, Ings tem a possibilidade de alargar o placar, mas isola.

No número ao todo, foram 17 tiros, no entanto apenas um foi eficaz ao clube vermelho da cidade dos Beatles. Enquanto obtiveram 67% de posse de bola.

Já os Saints (Santos em português), apenas dominaram a bola com 33%, enquanto remeteram a pelota à baliza três vezes, de sete chutes totais.

O Liverpool continua líder do Campeonato Inglês com 33 pontos, mesma pontuação de Manchester United.

Por outro lado, o Southampton está na sexta posição com 29 pontos, os mesmos de Manchester City que recém goleou o Chelsea em Londres na mesma jornada.

Por outro lado, o Southampton está na sexta posição com 29 pontos, os mesmos de Manchester City que recém goleou o Chelsea em Londres na mesma jornada.