O que houve aqui? Brasileirão Feminino tem denúncia de tentativa de manipulação de resultados

Funcionário de gigante do futebol brasileiro é acusado de tentar subornar atleta adversária para beneficiar apostadores

A manipulação de resultados é uma das grandes preocupações do futebol mundial. Afinal, a justiça está no DNA do esporte e, quando casos de possíveis interferências externas aparecem, fica aquela pulga atrás da orelha com a lisura da competição.

O fantasma do Campeonato Brasileiro 2005 e da Máfia do Apito ainda vive na cabeça dos torcedores, assim como o escândalo que contou com a participação da Juventus na Itália. Porém, no caso mais recente, a tentativa não foi adiante.

Tentativa de manipulação em Santos x Red Bull Bragantino

O presidente Andrés Rueda, do Santos, revelou a tentativa de manipulação de resultado no Campeonato Brasileiro Feminino. O jogo em questão foi contra o Red Bull Bragantino, pela 13ª rodada do torneio, que terminou empatado.

De acordo com o mandatário alvinegro, uma atleta do Bragantino recebeu a proposta de um funcionário do Santos para forçar uma goleada do Peixe no primeiro tempo. O objetivo seria beneficiar apostadores, que tinham interesse na partida.

De imediato, a jogadora recusou a oferta e comunicou aos superiores. Então, os dirigentes do time de Bragança Paulista entraram em contato com o Santos, que tomou as medidas cabíveis. O caso veio à tona, justamente, com a entrevista de Rueda.

Santos e Bragantino demitiram os funcionários envolvidos

Os próximos passos do clube foram denunciar à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e registrar um boletim de ocorrência (BO). Além disso, o funcionário foi demitido por justa causa. Trata-se de Fabrício de Paula, agora ex-preparador de goleiros do Santos.

Rueda afirmou que a instituição teve acesso a prints e conversas que comprovam a tentativa de manipulação do resultado do jogo. A “ponte” foi realizada por um funcionário do Red Bull Bragantino, que também foi desligado.

Ex-funcionário do Santos nega acusações

Em nota divulgada por meio do advogado Higor Marcelo Maffei Bellini, o ex-preparador de goleiros do Santos negou as acusações. Além disso, afirmou que foi demitido injustamente.

Na nota, o advogado conta que Fabrício foi ao hotel do Red Bull Bragantino para se encontrar com um amigo que trabalha no clube. O papo com a goleira do adversário, na sua versão, foi para demonstrar interesse para contratá-lo no futuro.

Além de explicar outros pontos da acusação, a nota ainda garante que o preparador de goleiros vai tomar medidas judiciais contra os envolvidos para “reparar os danos causados”. Ou seja, nos próximos meses, novos desdobramentos sobre as denúncias devem surgir.

Futebol brasileiro tem histórico de manipulações

Esse não seria o primeiro caso de manipulação de resultados no futebol brasileiro. O episódio mais conhecido foi a Máfia do Apito, que atuou durante o Campeonato Brasileiro de 2005.

Na ocasião, o árbitro Edílson Pereira de Carvalho, que pertencia ao quadro da FIFA, foi preso durante operação da Polícia Federal. Segundo as investigações, ele negociou com um grupo de apostadores para garantir resultados combinados.

No fim das contas, Edílson foi banido do esporte e os onze jogos que ele apitou na competição foram anulados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). As partidas foram refeitas, mas a mancha na competição permaneceu.

Esse é o evento mais conhecido, mas existem diversas denúncias de manipulação no Brasil, principalmente em divisões inferiores. Times como o Flamengo-PI e o Crato-CE estiveram envolvidos em esquemas de corrupção em 2022.

Mesmo se as denúncias forem confirmadas, o duelo entre as equipes paulistas, aparentemente, não teve interferência externa. O jogo terminou 1 a 1 e não houve placar elástico para o Santos no primeiro tempo. Vale destacar a atitude de Santos e Bragantino, que denunciaram o caso.

O Brasileirão Feminino está em andamento e quatro times brigam pela liderança da tabela na primeira fase. O Red Bull Bragantino é o último colocado, com apenas quatro pontos. Enquanto isso, as Sereias da Vila estão na sétima posição, com 19 pontos.

Artigos Relacionados