RB Bragantino vence Botafogo com decisão polêmica do VAR

Em jogo estreias de comissão de Ramón Diaz pelo Fogão e Helinho ao Braga, time da empresa de energéticos se dá melhor e sai enfim do Z4.
Botafogo x Bragantino - Brasileirão 2020 - 17/11
© Ari Ferreira / RB Bragantino

Na estreia do filho Ramón Diaz pelo comando técnico do Botafogo, o Red Bull Bragantino venceu por 2 a 1 o Fogão, em pleno Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. O jogo foi válido pela 21ª rodada do Brasileirão. 

A partir do apito inicial, o Bota demonstrou um alto nível colocando pressão no adversário.  

Sua posse de bola foi 62% no jogo, com 12 chutes, mas apenas três ao gol. Para se ter ideia o Braga teve menos bola no pé, efetuou 11 tiros, com cinco à baliza. 

O filho de Diaz substitui o pai que se recupera de uma cirurgia.

Se deu 19 minutos para a primeira chance com perigo. Aos 19, Victor Luis cobrou e a bola resvalou na trave do goleiro Cleiton.  

Depois, Honda cruzou para Éber Bessa que chutou cruzado, muito longe da trave.  

O Massa Bruta tentou de cabeça.  No entanto, quem abriu o placar foi Matheus Babi, após a assistência de Luis, no fim do primeiro tempo. 

Parecia que tudo iria bem, até que minuto final da primeira etapa, em uma bobeada da zaga do Botafogo, Ytalo roubou a bola, limpou e bateu, deixando tudo igual no Engenhão. 

No início do segundo tempo, o Toro Loko elevou aos 200 volts o nível do jogo. Claudinho estava com fome de gol e ameaçou nas primeiras duas chegadas do Massa Bruta. 

A grande mudança se deu para a entrada de Helinho, recém contratado, a promessa que tem vínculo pertencente ao São Paulo FC precisou de 34 minutos para mudar o jogo, tendo três chances claras.  

Aos 34, Helinho deixou a defesa do lado carioca no bolso, e em meio ao seu drible a bola resvalou nas mãos de Victor Luis 

De início o árbitro não viu penalidade máxima, mas o VAR analisou e confirmou por ele. Claudinho teve, enfim, a chance de cobrar a penalidade e não desperdiçou. 

É importante lembrar que o Árbitro de Vídeo também foi importante na vitória do Bahia em cima do Coritiba por 2 a 1, no Couto Pereira, o jogo foi realizado no mesmo dia. 

No lance, o VAR anulou o gol que culminaria em uma mudança de quadro favorável ao Coxa. 

Com o resultado, o Botafogo continua na zona de rebaixamento, com 20 pontos, já o Braga sobe à 15ª colocação, com 23 pontos e recoloca o Athletico-PR na zona da degola. 

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0