Fluminense derrota Inter em vitória controversa

Flu retorna as vitórias e faz colorado vacilar em mais um jogo sem Coudet no comando.
Fluminense x Inter - 23/11/20 - brasileirão
© Mailson Santana / Fluminense FC

Na noite de domingo (22), o Fluminense venceu por 2 a 1 o Internacional, no Beira Rio, em jogo válido pela 23ª rodada do Brasileirão.

O torcedor colorado sem sombra de dúvidas sente falta de Eduardo Coudet, na goleada do Celta de Vigo diante o Sevilla por 4 a 2, a torcida do Inter subiu um #fueracoudet, com sintomas de viúvez do treinador argentino.

Desde que Abel Braga assumiu o Inter, são quatro jogos e uma eliminação da Copa do Brasil.

O grande problema se dá nas alterações, apesar de em seu discurso dizer que iria ‘respeitar’ o trabalho do antigo Mister, na prática, é totalmente averso às ideias de Coudet.

O próprio time gaúcho abriu o placar, após Maurício chutar e o goleiro defender, no rebote o mesmo jogador de chapa, aproveitou para abrir a contagem.

Thiago Galhardo alargou, no entanto, no lance anterior a bola resvalou em suas mãos e a arbitragem cancelou.

No segundo tempo, Lucca marcaria um ‘gol olímpico’ e daria ânimos para um Flu com vontade de retornar o caminho das vitórias.

Galhardo quase deixou o Inter em vantagem, mas seu impedimento custou caro.

Com 13 finalizações, o colorado não conseguiu virar e Caio Paulista fez o gol da virada ao Tricolor das Laranjeiras.

Uma das curiosidades é o fato que a posse de bola terminou em 50%. Além das únicas finalizações à baliza do Flu terem sido executadas de forma precisa.

Odair Hellman visitou seu antigo clube e roubou outra vitória dos gaúchos que agora amargam na quarto lugar, com 36 pontos, três a menos de Atlético-MG e Flamengo, o líder e vice, respectivamente.

O Inter foca suas forças no duelo diante o Boca Júniors pela ida das oitavas de final da Libertadores, na quarta-feira (25), no Beira Rio. Depois, encara o Atlético-GO no sábado, na Serrinha.

O Flu tem uma semana de folga e só encara o Red Bull Bragantino, na próxima segunda-feira, pelo Brasileirão.

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0