Com dois gols Neymar, PSG derrota Le Havre no primeiro jogo após quarentena

Retorno da presença de público reascende a discussão se está cedo demais para liberar estádios com torcida na França
13/07/2020 5:52 PM
PSG Le Havre
© PSG

O Paris Saint-Germain aplicou um chocolate de 9 a 0, em cima o Le Havre, da segunda divisão do país, no Estádio Océane, com aproximadamente 5 mil torcedores.

Thomas Tuchel escalou o esquadrão no ataque: Di Maria, Icardi, Mbappé e Neymar.

A equipe demonstrou muito entrosamento, sinal que os treinos deixaram o elenco mais coeso em campo.

No primeiro tempo, o camisa dez da Seleção, Neymar, marcou dois gols. O lance categorizou o terceiro tento da partida.

O brasileiro, invadiu a área, driblou dois defensores e deslocou goleiro para balançar as redes. O segundo foi por meio das penalidades máximas.

O argentino Mauro Icardi também anotou duas vezes e Mbappé, completou. Deixando o placar com quatro para os parisienses.

No intervalo, o técnico alemão Tuchel fez dez mudanças, incluindo a entrada do capitão Thiago Silva, que está de saída e em final de contrato.

Com isso, Neymar também teve de sair por estar sem ritmo de jogo no primeiro amistoso preparatório do clube após 120 dias sem competição.

Na etapa final, mais dois de Sarabia, um de Gueye e outro de Kalimuendo, sacramentaram o placar.

O estádio recebeu 5 mil pessoas, o limite da capacidade estipulada pelo governo francês.

O local tem capacidade para 25 mil pessoas. Grupos de no máximo quatro pessoas puderam se juntar sendo obrigados o uso de máscaras.

O jornal “Le Parisien”  chamou o amistoso de “fenômeno de curiosidade e incompreensão”.

O veículo comentou sobre Governo Francês causar fim do campeonato e de todas as competições esportivas até agosto.

Em menos de três meses, as autoridades francesas liberaram um jogo de futebol com a presença de público.

Esse foi primeiro jogo oficial do PSG após a parada forçada pela pandemia de coronavírus.

A Ligue 1 — comumente chamada campeonato francês — foi interrompida, com o Paris declarado campeão.

O time tem duas finais pela frente: a primeira da Copa da França, no dia 24 de julho, diante do Saint-Étienne no Stade de France; a segunda no dia 31, diante o arquirrival Lyon, na Coupe de La Ligue.

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0