Quem são os iô-iôs do futebol brasileiro?

Com o fim do Campeonato Brasileiro Série B, um número chamou a atenção. Dos quatro times que conquistaram o acesso, três tinham caído em 2020 e retornaram.

Com o fim do Campeonato Brasileiro Série B, um número chamou a atenção. Dos quatro times que conquistaram o acesso, três tinham caído em 2020 e retornaram.

No futebol mundial, times que mudam constantemente de divisão são conhecidos como iô-iôs, porque estão sempre indo e voltando. Analisamos o retrospecto dos últimos anos para entender quais são esses clubes no Brasil. Confira!

O que é um time iô-iô?

Sabe aquele time que conquista o acesso para a Primeira Divisão, mas automaticamente vira um forte candidato ao rebaixamento no próximo ano? O time “iô-iô” é uma entidade no futebol internacional, porque fica conhecido por sucessivos rebaixamentos e acessos.

Em geral, são times que já tiveram um passado de glória ou então que são estruturados o suficiente para ter sucesso na Série B, mas que encontram dificuldades na briga contra os melhores do país.
Na Inglaterra, o Norwich City é um bom exemplo. São três rebaixamentos e três acessos desde 2014 — com a 19ª colocação parcial em 2021, é possível que esse número aumente.

Quais times brasileiros são conhecidos por não permanecer muitos anos na Série A?

Esses exemplos também ocorrem no Brasil. O nosso campeonato é considerado um dos mais difíceis do mundo, e os times que vêm da Série B sofrem com alguns obstáculos.

A verdade é que o investimento para jogar cada divisão é bem diferente, então equipes que não estão completamente estáveis podem sofrer bastante com o aumento da competitividade.

Fizemos um levantamento dos times iô-iôs do futebol brasileiro na era dos pontos corridos, ou seja, os que mais se destacam no passado recente. Confira!

Times “iô-iôs” do futebol brasileiro (desde 2003)

Times

Rebaixamentos

Acessos

Avaí 4 (2011, 2015, 2017, 2019) 5 (2008, 2014, 2016, 2018, 2021)
América-MG 3 (2011, 2016, 2018) 4 (2010, 2015, 2017, 2020)
Coritiba 4 (2005, 2009, 2017, 2020) 4 (2007, 2010, 2019, 2021)
Vasco 4 (2008, 2013, 2015, 2020) 3 (2009, 2014, 2016)
Goiás 3 (2010, 2015, 2020) 3 (2012, 2018, 2021)

Avaí

O Avaí é, provavelmente, o maior time iô-iô do futebol brasileiro na atualidade. No último fim de semana, garantiu o acesso ao Brasileirão Série A com uma vitória de virada sobre o Sampaio Corrêa, já na reta final da partida.

Desde 2011, são quatro rebaixamentos (2011, 2015, 2017 e 2019). O impressionante é que, no período entre 2014 e 2019, a equipe teve uma série de 3 acessos e 3 rebaixamentos. A última vez em que conseguiu se manter na elite foi em 2009 e 2010.

Agora, o time catarinense tenta mudar o retrospecto e construir uma campanha para evitar o rebaixamento em 2022.

América-MG

O Coelho faz uma ótima campanha no Campeonato Brasileiro Série A em 2021, mas o seu histórico como time iô-iô permanece. Desde 2010, quando conquistou o acesso, foram três rebaixamentos (2011, 2016 e 2018).

Na verdade, como não tem mais chances de rebaixamento, essa será a primeira vez na era dos pontos corridos em que o América-MG não cai logo no primeiro ano na Série A. A última sequência de dois anos na elite foi em 2000 e 2001.

Vale destacar que, nesse período, a equipe mineira ainda disputou a Série C por alguns anos e foi campeã em 2009. Atualmente, ocupa a 10º colocação do Brasileirão e briga para jogar uma competição internacional em 2022.

Coritiba

Com o segundo lugar na Série B 2021, o Coritiba volta para a Primeira Divisão. Nos últimos anos, colecionou acessos e rebaixamentos — desde 2017, apenas em 2018 a equipe permaneceu onde estava (10º lugar na Série B).

Campeão brasileiro em 1985, os paranaenses se mantiveram por bons anos na elite durante a década de 2010, mas são quatro rebaixamentos na Era dos Pontos Corridos. Agora, briga para não cair novamente na próxima temporada.

Goiás

O Goiás teve uma ótima sequência no Brasileirão no início dos pontos corridos e ficou até com um respeitável 3ª lugar em 2005. Mas o seu rebaixamento em 2010 iniciou uma série de mudanças de divisão.

Na década, teve ótima campanha em 2013, quando foi sexto no Campeonato Brasileiro e semifinalista da Copa do Brasil. Mas são três quedas e três acessos no período.

Agora, conquistou a subida de divisão depois de ser rebaixado em 2020. O próximo ano vai servir para espantar essa alcunha de time iô-iô.

Vasco

É até estranho colocar um time da estatura do Vasco na lista, mas a verdade é que a equipe de São Januário está entre as líderes de rebaixamento para a Segundona na história recente. São quatro no geral (2008, 2013, 2015 e 2020), sendo três na última década.

Por isso, aparece como uma menção honrosa na nossa lista. Nas outras três oportunidades, conseguiu o acesso em seu primeiro ano de Série B, mas a história foi diferente em 2021. Com uma campanha irregular, ficou apenas na 10ª colocação e vai brigar para subir em 2022.

Poderíamos citar outros times, como Sport e Vitória, que também tem uma fama de subirem e descerem de divisão com alguma frequência.

Será que a história desses times vai se repetir em 2022? Façam suas apostas para a próxima temporada!

Artigos Relacionados

jan 12, 2021
Balao Comentario 0
Jorge Sampaoli perde oportunidade única de encostar na ponta e Galo patina em tentar alcançar líder São Paulo. Braga conquista belo resultado dentro de casa diante uma das equipes mais fortes do Brasileirão.
jan 12, 2021
Balao Comentario 0
Casa de apostas estampará sua marca no meio da camisa do Galo com planos ambiciosos ao futebol brasileiro e latino.
jan 21, 2021
Balao Comentario 0
Jogando na Arena, Tricolor Gaúcho empata e ignora “ajuda” ao Galo em busca do título do Brasileirão 2020.
jan 27, 2021
Balao Comentario 0
Peixe sofre segunda derrota seguida e ignora atuação ruim no Brasileirão em foco a final diante o Palmeiras na Liberta.
jan 30, 2021
Balao Comentario 0
Anunciado antes no Porto e Palmeiras, Galo pegou os amantes de esporte de surpresa ao revelar novo reforço.
fev 01, 2021
Balao Comentario 0
Treinador argentino enfrenta seu segundo ano consecutivo no futebol brasileiro comandando times que buscam a taça do Brasil