Venda do atacante Luiz Henrique, joia da base, causa incômodo no Fluminense

Saiba o valor e todos os detalhes da negociação do jovem de 21 anos

A venda da promessa Luiz Henrique causou incômodo interno e externo no Fluminense. De nada adiantou a torcida criticar a saída do atacante, de apenas 21 anos, com a campanha “#70MilhõesNão” nas redes sociais. Em 13 de março, o presidente do clube carioca, Mário Bittencourt, confirmou a pré-venda do jogador ao Real Betis, da Espanha, por R$ 70 milhões).

A joia da base do clube das Laranjeiras vivia o seu melhor momento da carreira e era considerado, por muitos, como o melhor jogador da equipe. A situação causou discussão não só nas ruas, mas também entre os conselheiros do Fluminense, que querem entender a real situação financeira do clube e, de acordo com o portal “NetFlu”, devem criar um requerimento cobrando explicações do presidente tricolor.

Toda a indignação ocorreu devido ao histórico recente de vendas de promessas da base tricolor para a Europa. O atacante Kayky, por exemplo, foi negociado no ano passado junto ao Manchester City, da Inglaterra, por € 10 milhões (R$ 62 milhões na ocasião). O valor foi considerado baixo pela torcida, já que o atacante tinha apenas 17 anos na época e poderia desenvolver o seu futebol e aumentar o seu valor de mercado em pouco tempo.

Luiz Henrique nasceu em Petrópolis, no Rio de Janeiro, em 2 de janeiro de 2001. O atacante foi promovido à equipe profissional do Fluminense em 2020, mas só no ano passado se firmou como titular. Ele vinha sendo especulado em equipes da Europa há algum tempo, antes de firmar acordo com o Real Betis. Luiz, porém, só irá para a Espanha em julho, quando a janela de transferências espanhola for aberta.

Detalhes da venda de Luiz Henrique

Luiz Henrique teve 85% de seus direitos econômicos vendidos ao Real Betis por € 13 milhões (cerca de R$ 70 milhões na cotação atual), incluindo bônus. O problema é que esse valor só será alcançado caso o jogador bata certas metas requeridas por seu novo clube. O Fluminense receberá, inicialmente, “apenas” € 9 milhões (cerca de R$ 50 milhões).

“Nenhum de nós fica feliz em no meio do ano ter a saída de um atleta que temos um carinho enorme, que é um grande jogador e tem nos ajudado bastante. Mas viemos demonstrando ao longo da nossa gestão, por isso peço um voto de confiança, que viemos conseguindo repor as saídas e a cada ano temos performance melhor em campo”, revelou o presidente tricolor, Mário Bittencourt, quando anunciou a venda do atacante em entrevista coletiva.

Maiores vendas da história do Fluminense

Caso Luiz Henrique cumpra todas as metas estabelecidas pelo Real Betis, ele irá render, então, aos cofres do Fluminense, € 13 milhões, o que significaria a segunda maior venda da história do clube carioca (em euros). Confira abaixo o atual ranking de vendas tricolor.

Ranking

Jogador

Quem comprou

Valor

Quando

1 Gerson Roma-ITA € 17 milhões (R$ 60 milhões) 2015
2 Richarlison Watford-ING € 12,5 milhões (R$ 46 milhões) 2017
3 João Pedro Watford-ING € 11,5 milhões (R$ 77 milhões) 2018
4 Pedro Fiorentina-ITA € 11 milhões (R$ 50 milhões) 2019
5 Kayky Manchester City-ING € 10 milhões (R$ 62 milhões) 2021

Sobre o Fluminense

O Fluminense é um dos clubes de futebol mais tradicionais do Brasil. Fundado em 1902, no Rio de Janeiro, o clube manda os seus jogos no Maracanã e já conquistou, por exemplo, quatro vezes o Campeonato Brasileiro (1970, 1984, 2010 e 2012)

O clube é o atual finalista, junto ao Flamengo, do Campeonato Carioca de 2022. O tricolor, porém, já foi eliminado na fase preliminar da Copa Libertadores da América e ainda tem pela frente o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil, que se iniciam durante o mês de abril.

Revelar jogadores é uma das especialidades do clube das Laranjeiras. Alguns dos principais nomes que vieram da base do Fluminense são: Kenedy (do Chelsea), Fabinho (do Liverpool) e Marcelo (do Real Madrid).

Artigos Relacionados

jan 14, 2021
Balao Comentario 0
Timão aplica maior goleada em cima do rival Flu em toda a sua história.
fev 01, 2021
Balao Comentario 0
Com dois gols de garoto da base, Flu sacramenta ida de esmeraldinos, mas o que rouba a atenção é a aposta em garotos da categoria de base.
fev 12, 2021
Balao Comentario 0
Galo doido reduz chance de título e vê Flamengo e Inter na vantagem para faturar o caneco nacional.
fev 18, 2021
Balao Comentario 0
Com gols de jogadores formado em Xerém, Flu segue encantando e demonstrando o poder dos jogadores da base do clube carioca.
mar 01, 2021
Balao Comentario 0
Cerca de 13 anos depois, Tricolor das Laranjeiras anuncia o retorno do herói do título da Copa do Brasil de 2007.
mar 01, 2021
Balao Comentario 0
Sambafoot traz um resumo sobre os times rebaixados, como também os classificados as duas maiores competições de clubes da América do Sul.