Brasileiros figuram no top 10 dos melhores jogadores do Campeonato Russo e um deles ganha o grande prêmio

Melhor jogador da liga russa defende o Zenit e já foi eleito o craque do Brasileirão

Ser brasileiro e conseguir ser eleito o melhor jogador de uma liga estrangeira não é para qualquer um, principalmente na Europa. E foi isso que aconteceu no Campeonato Russo de 2022: um brasileiro foi eleito o grande craque da competição.

O mesmo atleta já está se acostumando com esse tipo de premiação, já que ele também já foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro, quando defendia as cores do Red Bull Bragantino, em 2020.

Claudinho foi eleito o craque do Campeonato Russo

Nós estamos falando de Claudinho, meia do Zenit, de 25 anos de idade. O jogador está acostumado a ser o grande craque dos torneios em que disputa, isso porque ele foi o eleito o craque do Brasileirão de 2020, quando jogou o torneio pela primeira vez pelo Bragantino, e agora fez o mesmo com o seu clube de São Petersburgo: foi eleito o craque da liga russa em sua primeira temporada no país.

Natural de Guarulhos, na Grande São Paulo, ele iniciou a sua carreira no Corinthians, em 2015, e apareceu como destaque para o futebol durante a sua passagem pelo Bragantino, entre 2019 e 2021. Após ser campeão dos Jogos Olímpicos de 2020 – que foi disputado no ano passado – com a seleção brasileira sub-23, foi anunciado horas depois pelo Zenit. O valor da transferência foi de € 12 milhões (R$ 76 milhões na época).

O Zenit foi o campeão do Campeonato Russo pela 9ª vez em 2022. Esse foi o quarto título consecutivo da equipe, que também tem os brasileiros Douglas Santos (lateral-esquerdo), Wendel (meia), Yuri Alberto (centroavante) e Malcom (ponta) em seu elenco.

O top 10 da premiação 

A votação para eleger o grande craque do Campeonato Russo foi feita pelos próprios jogadores que disputaram a competição. Outros brasileiros, que também defendem o Zenit, ficaram no top 10 e se destacaram no torneio. Confira abaixo como ficou a lista.

tabela top 10 da premiacao campeonato russo

Claudinho na seleção 

Claudinho tem chances mínimas de defender a seleção brasileira na Copa do Mundo desse ano. Isso porque o jogador, apesar de ter sido campeão dos Jogos Olímpicos de 2020 com a equipe sub-23, nunca entrou em campo pela equipe principal.

Ele já chegou até a ser convocado pelo técnico Tite, em agosto do ano passado, mas apenas ficou no banco de reservas nos jogos das eliminatórias contra Chile, Argentina e Peru. 

Outros brasileiros eleitos craques na Rússia

Essa não foi a primeira vez que um jogador brasileiro foi eleito o melhor jogador do Campeonato Russo. Em outras premiações, como a do jornal local “Sport-Express”, jogadores do Brasil tiveram o privilégio de receber essa honraria.

Em 2005, o meia Daniel Carvalho, ex-Internacional, foi eleito o craque da liga russa, quando defendia o CSKA Moscou. Vagner Love, ex-Corinthians, que foi companheiro de Daniel na Rússia, ganhou em 2008. Hulk, hoje jogador do Atlético-MG, foi eleito o craque de 2015, quando defendia as cores do Zenit. 

Sobre o Zenit

O Zenit é um dos clubes mais vencedores da história do futebol russo. Fundado em 1925, em São Petersburgo, o clube manda os seus jogos no estádio Krestovsky, que tem capacidade para 68 mil torcedores.

O atual tetracampeão russo – e que já venceu o torneio em nove oportunidades – também já brilhou em solos internacionais: foi campeão foi campeão da Liga Europa e da Supercopa da UEFA em 2008.

Artigos Relacionados