“Eles fecharam a boca, mas esqueceram o gol”, ironiza jornal do Qatar sobre protesto da Alemanha

Alemães taparam a boca na foto oficial da seleção, em protesto a favor dos direitos humanos
2022-11-23 20:00:02

O jornal Marsal Qatar, do país sede da Copa do Mundo de 2022, ironizou o protesto feito pelos jogadores da Alemanha antes do jogo contra o Japão, nesta quarta-feira (23). A publicação no Twitter foi feita após a virada japonesa, por 2 a 1.

O veículo insinuou que o time europeu, comandado por Hansi Flick, “esqueceu” de fazer gols ao se preocupar com as manifestações pró direitos humanos. “Eles fecharam a boca, mas esqueceram o gol”, diz a publicação.

VEJA TAMBÉM:

++ Japoneses limpam estádio após vitória de virada contra Alemanha

++ Alemanha e Argentina podem ser eliminadas da Copa na próxima rodada

++ Muller detona atuação da Alemanha contra Japão: “Rídiculo”

Aproveite e siga o Sambafoot no Facebook, no Instagram e no Twitter!

Entenda a polêmica

Após a proibição do uso da braçadeira One Love, que gerou polêmica entre as seleções europeias, os jogadores da Alemanha se manifestaram durante a foto oficial da seleção. No registro, que é feito antes da partida, os atletas tamparam a boca.

Os torcedores esperavam que o capitão e goleiro da equipe, Manuel Neuer, usasse a braçadeira. Entretanto, o atleta entrou com uma faixa escondida por baixo da manga do uniforme.

O Japão venceu a seleção alemã por 2 a 1, numa virada histórica na estreia das equipes pela Copa do Qatar. O jogo aconteceu no estádio Khalifa, e teve gols de Gundogan, Doan e Asano. A partida foi válida pela primeira rodada do Grupo E.

A partida foi mais um episódio de sofrimento diante de uma equipe asiática: a Alemanha foi derrotada pela Coreia do Sul em 2018, na Rússia, e foi eliminada do Mundial precocemente.

A Alemanha volta ao campo no próximo domingo (27), contra a Espanha, às 16h (horário de Brasília), no estádio Al Bayt. Mais cedo, o Japão enfrenta a Costa Rica, às 7h (horário de Brasília), no estádio Ahmad Bin Ali.