Vasco vacila e empata com o Fortaleza em São Januário

Equipe de Ricardo Sá foi incapaz de vencer em sua casa e terá de rezar para seus rivais diretos também vacilarem. Leão ainda não engrenou sem Rogério Ceni.
Vasco x Fortaleza - 19/11/2020 - Brasileirão
© Rafael Ribeiro/ Vasco

Vasco da Gama empatou em São Januário com o Fortaleza, na última quinta-feira (19), em uma partida isolada de Brasileirão, válida pela sexta rodada atrasada. 

Quem assistiu ao jogo, notou que o cruzmaltino dominou, em apenas dois lances durante os 90 minutos, o Leão da Pici de fato chegou e todos eles com Bergson. 

Primeiro, o mérito se deve ao goleiro Fernando Miguel que fez uma defesa milagrosa, depois o atacante do Fortal se embananou e deixou escapar. 

O mesmo é condizente ao Vascão, que desde o início atacou e errou todos os chutes ao gol (5), diante dos mesmos cinco do Fortaleza. 

Os números de Ricardo Sá Pinto preocupam, desde que estreou pelo clube carioca em outubro, soma duas vitórias, duas derrotas e quatro empates. 

A maior reclamação da torcida fica na parte das cobranças consideradas “previsíveis” e que pouco agregam ao jogo. É um time que carece de qualidade e uma das poucas vitórias que tem foi diante o Caracas FC da Venezuela pela Sul-americana. 

Se dentro de campo o Vascão soma 23 pontos e está na 16ª colocação, ainda conta com um fator de preocupação: consta com o mesmo número de pontos de Red Bull Bragantino que ainda vai a campo hoje.  

Fora da relva é pior, em meio à crise de eleições no clube, existe no momento dois candidatos que se auto proclamam os Presidentes do Clube de Regatas Vasco da Gama. Para um time que chegou a brigar pelo Brasileirão meses atrás e pregar o Ramonismo, isso é fora de qualquer explicação possível. 

Será que o Vasco cai, ou será que ele fica? O time irá responder essa pergunta no domingo (22), diante o São Paulo, às 16 horas (horário de Brasília). 

Já o Fortaleza não está em situação tão cômoda na tabela, apenas três pontos o separam da zona da degola, apesar de estar na 12ª colocação. Sem Rogério Ceni, a equipe ainda não engrenou e pega o Botafogo também no domingo, no Nilton Santos, a partir das 18h15.

 

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0