São Paulo despacha Flamengo na Copa do Brasil

Rogério Ceni e Rubro-negro carioca não sabem o que é vencer a equipe comandada por Fernando Diniz.
18/11/2020 - São Paulo 3 x 0 Flamengo - Morumbi - Copa do Brasil
© Miguel Schincariol / São Paulo FC

São Paulo venceu o Flamengo pela terceira vez em 18 dias e está nas semifinais da Copa do Brasil. Com uma exibição inteligente e segura, a equipe de Fernando Diniz marcou 3 a 0 na quarta-feira (18) no Morumbi e venceu com um placar de 5 a 1 no agregado. 

Dois gols de Luciano e de Pablo garantiram os gols que eliminaram Rogério Ceni pela segunda vez na competição. O Tricolor Paulista já havia despachado o Fortaleza nas oitavas de final, o que foi uma constatação de que os memes seriam refeitos. 

Na internet, muitos anunciaram Ceni no Grêmio, para “ajudar” o Tricolor Paulista conquistar o único título que nunca ganhou em sua história. O Tricolor do Sul será o novo adversário entre os dias 23 e 30 de dezembro. 

O cronograma de jogos ainda será traçado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na terça-feira (24), como anunciado pela própria Copa do Brasil esta semana. 

Por falar em título é inégável que a seca desde 2012 da Copa Sul-Americana não afete os neurônios da torcida são-paulina, que é uma das mais exigentes do país. 

Na época Ceni ainda era goleiro e Lucas Moura, era conhecido como “menino Lucas” e estava de malas prontas ao PSG. 

O Tricolor foi superior ao Flamengo em novembro. Em três confrontos, nove gols foram marcados e apenas dois sofridos.

 Fernando Diniz segura a equipe rubro-negra já faz dois, anos desde os tempos de que comandava o Fluminense.

O treinador já havia sido o único a não sofrer gols do time comandado por Jorge Jesus em 2019, mas tem retrospecto favorável desde os tempos de Abel Braga no Mengão.

Diniz em 2020 venceu o Fla em todas as oportunidades. 

Primeiro por 4 a 1 no dia 1º de novembro pelo Brasileirão, por 2 a 1 na primeira mão da Copa do Brasil, ambas no Maracanã, e agora uma vitória por 3 a 0 no Morumbi. 

O que dizem é que o Maracanã já virou segunda cada do Tricolor Paulista. Será se é isso mesmo? 

Rogério Ceni, continua seu retrospecto ruim contra o time onde é o maior ídolo de sua história. Nunca venceu o clube como adversário desde que iniciou a carreira como técnico e sofreu duas eliminações no torneio. A primeira com o Fortaleza e agora com o ‘Mais Querido’. 

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0