Rogério Ceni a caminho do Flamengo

Rubro-negro desembolsará cerca de um milhão de reais para contratar o treinador com a defesa menos vazada do Brasileirão.
Rogerio Ceni - Fortaleza
© Gustavo Simão / Fortaleza EC

Segunda-feira foi cheia de adrenalina para o futebol brasileiro! Próximo à meia-noite, o Fortaleza anunciou o rompimento de contrato de Rogério Ceni. 

Tudo indica que o campeão do mundo em 2002 com a Seleção Brasileira será o novo treinador do Flamengo,

que está sem treinador após a rescisão de contrato de Domènec Torrent. 

Curiosamente, de acordo com o site “Goal.com”, Ceni era o treinador em atividade no futebol brasileiro que Torrent mais admirava. 

ex-porteiro estava com a delegação do Fortaleza em direção à Bahia onde enfrentaria o Tricolor da Boa Serra em partida adiada pela 18ª rodada. 

No entanto, ao saber que os jogadores do Flamengo clamavam por sua chegada e o clube mais popular do país do futebol o desejar, a proposta era irrecusável. 

Mesmo que em alguns meses atrás, Ceni tenha dito que não deixaria o Fortaleza para o programa “Bem Amigos” do canal SporTV. 

A chance de vencer a Copa do Brasil, a única competição na qual não ganhara como jogar, além de chances reais de levantar o bicampeonato seguido da Taça Libertadores da América Campeonato Brasileiro o moveram. 

Se ganhar a principal competição de clubes da América do Sul se tornará o sétimo a conquistar seja como futebolista ou mister. 

 

Ceni entrou na carreira de técnico após a Copa América Centenário nos Estados Unidos, onde era auxiliar de Dunga na Seleção Brasileira. 

Depois, assumiu o São Paulo e ficou por dois meses. Como foi demitido após uma série de maus resultados, foi contratado pelo Fortaleza e mudou o patamar do Leão do Pici. 

Em 2018 conquistou o título de Campeão da Série B, conquistou o Estadual no mesmo ano e o alcançaria novamente na temporada seguinte, como também faturou a Copa do Nordeste. 

No entanto, no meio da temporada passada rumou ao Cruzeiro, onde permaneceu somente por oito partidas, quando saiu com atrito com o meia Thiago Neves. 

Sua passagem curta na Raposa, fez o Tricolor o reerguer de portas abertas e assim, Ceni, deixa mais uma vez o Leão com o título de defesa menos vazada, com apenas três tentos concedidos.

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0