Mano Menezes oficializado técnico do Bahia

Treinador gaúcho com passagem no Cruzeiro, Corinthians e Grêmio chega com a missão de recolocar o Tricolor da Boa Serra às melhores posições da tabela.
10/09/2020 11:12 AM
Mano Menezes Bahia
© Esporte Clube Bahia

O Bahia anunciou na manhã desta quinta-feira (10), que Mano Menezes é o novo treinador do Esquadrão. O gaúcho assinou contrato válido até o final de 2021. O novo comandante vem com boa reputação por ter sido ex-técnico da Seleção Brasileira e tricampeão da Copa do Brasil. 

Os rumores de sua nomeação já circulavam durante toda a semana e agora finalmente chegaram ao fim.  

Mano acompanhará a próxima partida do Bahia contra o Grêmio, no estádio Pituaçu, na noite de hoje, e começará a trabalhar oficialmente amanhã, no Centro de Treinamento Evaristo de Macedo, na cidade de Salvador. 

No último Campeonato Brasileiro, o treinador levou o Palmeiras à fase de grupos da Libertadores ao terminar na 3ª colocação.

Em 20 jogos, perdeu apenas quatro e teve uma taxa de vitórias acima de 63%. 

 Antes, comandou o Cruzeiro, liderando a equipe mineira em 204 jogos, durante meados de setembro de 2015 a agosto de 2019.  

No intervalo desse meio tempo, passou seis meses no Shandong Luneng, na China. 

Quando chegou à Raposa cinco anos atrás, afugentou o time da zona de rebaixamento e levou a celeste para a 8ª posição, com apenas duas derrotas em 16 jogos disputados.  

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

✍🏽 Agora, sim! Após sair 1º no #SócioDigital, @manomenezes_oficial é o novo técnico do Esquadrão. Ex-comandante da seleção brasileira e tricampeão da Copa do Brasil, ele assinou até o final de 2021. No último Campeonato Brasileiro, o treinador classificou o Palmeiras para a fase de grupos da Libertadores ao terminar na 3ª colocação. Em 20 jogos, perdeu apenas 4 e alcançou um aproveitamento de 63%. Antes disso, dirigiu o Cruzeiro 204 vezes, de setembro de 2015 a agosto de 2019, quando o Nacional estava na 13ª rodada. Entre as duas passagens, ficou seis meses no Shandong Luneng, da China. Quando chegou à Raposa, há cinco anos, não só livrou a equipe do rebaixamento como conduziu o time celeste à 8ª posição, com apenas 2 derrotas em 16 partidas disputadas. Em seu retorno, além de dois Estaduais, conquistou as Copas do Brasil de 2017 e 2018. Se a longevidade em Belo Horizonte já foi grande, um trabalho ainda maior aconteceu no Corinthians. Ao todo, esteve à frente do alvinegro por 248 jogos. Na segunda experiência, em 2014, conseguiu vaga para a Taça Libertadores. Na primeira, de 2008 a 2010, faturou tanto a Copa do Brasil quanto o Campeonato Paulista em 2009, assim como a Série B da temporada anterior. Os bons resultados credenciaram Mano para a seleção, onde permaneceu de 2010 a 2012, com 40 jogos, 27 triunfos, 72% de aproveitamento e dois títulos do Superclássico das Américas. Técnico do Flamengo em 2013, comandou o Grêmio entre 2005 e 2007, período em que alcançou a final da Libertadores, levantou dois Estaduais e o acesso naquela que ficou conhecida como ‘Batalha dos Aflitos’. A primeira chance em um grande do país veio após a surpreendente campanha de semifinalista na Copa do Brasil de 2004 pelo 15 de Novembro-RS. Leia a matéria completa no #SócioDigital.

Uma publicação compartilhada por Esporte Clube Bahia (@ecbahia) em

Na volta, além de dois Estaduais, conquistou a Copa do Brasil em 2017 e 2018. 

 Mano também conquistou essa competição quando comandava o Corinthians. Ao todo, ele esteve à frente do Alvinegro por 248 jogos.   

Os bons resultados credenciaram Mano à Seleção Brasileira que liderou de 2010 a 2012, com 40 jogos, 27 triunfos, 72% de aproveitamento e dois títulos do Super Clássico das Américas. 

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0