Presidente do Barcelona diz que Arthur desrespeitou clube catalão

Mandatário dos Culés reconta sua versão sobre o “caso Arthur”. Brasileiro decidiu não disputar a Champions pelo azul e grená
02/08/2020 6:03 PM
Barcelona Arthur
© Christian Bertrand / Shutterstock.com

Presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, em entrevista ao diário “Sport”, da Catalunha, comentou sobre a decisão de Arthur Melo não se reapresentar ao clube.

O meia da Seleção permanece no Brasil até o fim da temporada, para, depois se juntar à Juventus, onde atuará a partir da próxima temporada.

Bartomeu aproveitou para atacar o brasileiro, classificando sua atitude como “inaceitável”.

“O que ele fez é falta de respeito por seus companheiros de equipe, porque a equipe quer se sair bem na Liga dos Campeões. E também para o clube. Não é lógico que, jogando um título tão importante, um jogador decida se apagar. É injustificável e totalmente incompreensível”, comentou.

O Presidente ainda explicou que a decisão de sair à Juventus saiu do próprio Arthur, que não estava contente com sua situação.

Aproveitou para explicar que a recusa de regressar causou espanto à cúpula do Barça.

“Ele ligou para [Eric] Abidal, mas não deu uma razão específica. Simplesmente, que ele decidiu não voltar e que seu tempo no Barça já terminou. E não sai daí. Suponho que ele foi ao Brasil pensando em prolongar suas férias.”, opinou.

O mandatário garantiu que abrirá um processo de punição para o futebolista.

“Isso nos força a abrir um processo disciplinar, porque ele deve jogar com o Barça até o dia em que a competição termina, neste caso a Liga dos Campeões, como [Miralem] Pjanic. Foi um acordo entre os dois clubes.”

Vice-campeão espanhol, o Barcelona entra em campo próximo sábado (8), diante o Napoli, no jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, em Lisboa.

No primeiro jogo, os times empataram em 1 a 1.

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0