France Football cancela edição da Bola de Ouro 2020

Decisão gerou polêmica, com revista e sites especializados questionando se na temporada que nem Messi e muito menos Cristiano Ronaldo brilharam, a decisão seria justa
20/07/2020 6:53 PM
Ballon Or France Football
© B.Papon / L'Equipe

A revista France Football anunciou nesta segunda-feira (20), que não premiará o Bola de Ouro (Ballon d’Or em francês) em 2020, por conta das circunstâncias atípicas impostas pelo coronavírus.

“Pela primeira vez desde 1956, o Ballon d’Or fará uma pausa”, disse o editor-chefe Pascal Ferré em comunicado do “Group L’Équipe”, ao qual pertence à aclamada revista.

Embora o futebol recomeçado na Inglaterra, Alemanha, Espanha e Itália, outras ligas como no caso da França não.

Com o esporte polarizado, os organizadores a determinaram que o cancelamento era o resultado mais justo.

“Nem todas as condições serão atendidas em 2020. Acreditamos que esse ano não deve ser tratado como normal. Do ponto de vista esportivo, dois meses não são suficientes. para decidir quem deve receber esse troféu”

“Não estamos felizes com esta decisão, mas é a mais responsável”, continua o comunicado.

O anúncio gerou murmúrio. A revista alemã Kicker, indagou se Robert Lewandowski não teria levado o reconhecimento. Afirmando que “esta questão permanece sem resposta”. Já o Goal.com lembrou que Neymar poderia dar a volta por cima.

Agora, 11 jogadores serão reconhecidos no ‘Dream Team’ no final de 2020.

Em atividade desde 1956, o prêmio foi ao “melhor jogador na Europa”. Somente em 95 começaram selecionar jogadores não europeus.

A mesma revista reconheceu Pelé como o melhor de todos os tempos.

O vencedor recorde é o atual detentor do título Lionel Messi com seis prêmios e a estadunidense Megan Rapinoe vencedora da Copa Feminina 2019, com os Estados Unidos.

Ainda não está claro se a FIFA escolherá o The Best em 2020.

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0