Partida entre Chape e Avaí cancelada devido casos positivos de Covid-19

O Catarinense é segundo regional a ser retomado no país. O primeiro é o Campeonato Carioca que está nas fases finais
12/07/2020 4:26 PM
Avai Chapecoense Covid
© A.PAES / Shutterstock.com

O Governo de Santa Catarina cancelou a partida entre Chapecoense e Avaí, válidas pelas quartas de final do Estadual.

O jogo estava previsto para este domingo (12), às 16h (Brasília), no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. No jogo de ida, a Chapecoense venceu por 2 a 0, na Arena Condá, em Chapecó.

O departamento de saúde afirmou que 14 jogadores da Chape se encontram com o coronavírus.

Em entrevista ao Globoesporte.com, o time não informou quantas pessoas no clube estão infetadas ou a sua identidade.

O Avaí, por outro lado, informou que todos os funcionários deram apuração negativa à covid-19.

“Uma das equipes [Chapecoense] apresentou 14 casos confirmados para a covid-19 e será necessário remover todos os atletas para seguir as medidas de proteção necessárias”, afirma a nota divulgada pela entidade,” concluiu o comunicado.

Os casos confirmados são assintomáticos. Segundo o alviverde, alguns jogadores confirmados com a Covid já estavam em tratamento.

Os testes feitos na última terça-feira eram do tipo RT-PCR, os mais confiáveis para a detecção, mas o resultado demora alguns dias.

O clube teve conhecimento dos exames apenas na última sexta, em tempo de isolar os casos confirmados antes da viagem para Florianópolis.

A testagem uma obrigação da prefeitura de Florianópolis. Por precaução, o clube afirmou que no mesmo dia realizou a testagem rápida em toda a delegação.

O Catarinense foi retomado na última semana, quatro meses depois da paralisação do futebol no país devido à pandemia.

O Brasil é a segunda nação do mundo com mais vítimas e casos confirmados, apenas atrás dos Estados Unidos.

A região sul do país registou um aumento nos casos nos últimos dias e mais de 40.000 pessoas infetadas com o vírus e quase 500 mortes já foram relatadas.

Segundo o diário NSC Total, a Federação Catarinense de Futebol está acompanhando a situação.

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0