Flamengo aproveita boa fase e explode número de seguidores na internet

23/12/2019 3:21 PM
©

O novembro do Flamengo foi o mês dos sonhos para qualquer clube de futebol do Brasil. Quebra de recordes no Brasileirão, título da Libertadores vindo nos momentos finais e a consagração de um futebol ofensivo e bem jogado. Porém, não foi só dentro de campo que o clube se destacou: nas redes sociais, alguns recordes também foram quebrados.

De acordo com levantamento do IBOPE Repucom, que mede o impacto das ações de comunicação dos clubes esportivos nacionais e o alcance deles nas redes sociais, em novembro, 2.7 milhões de brasileiros começaram a seguir algum clube de futebol nas redes sociais, e o Flamengo, sozinho, conquistou 66% deste público.

Já é o décimo primeiro mês consecutivo que o clube é líder em crescimento absoluto no número de seguidores nas redes sociais. No início de 2019, o Corinthians liderava o ranking das bases digitais entre os clubes brasileiros, com mais de 21 milhões de seguidores, aparecendo em 15º no ranking mundial. Hoje em dia, após a enxurrada de títulos e a enorme exposição na mídia, o Flamengo já lidera com sobras, ultrapassando os 27 milhões de seguidores, enquanto o Corinthians ainda não alcançou a marca de 23 milhões.

O Youtube é um dos pontos chaves dessa vantagem. Enquanto nas outras redes sociais, o número de seguidores segue equilibrado entre Corinthians e Flamengo, na plataforma de vídeos o time carioca tem mais que o dobro de inscritos do que o paulista. No último mês, a rede social em que o Flamengo mais angariou torcedores foi o Instagram, com 1.2 milhão de novos seguidores. No YouTube foram 270 mil, no Twitter 180 mil e 149 mil no Facebook.

A pesquisa mostra apenas o número de inscrições, porém, o número de interações também é ótimo. Durante o percurso da Copa Libertadores, por diversos meses o Flamengo teve o canal do Youtube mais assistido entre os canais de clubes de toda a América, incluindo todos os esportes e ligas, como NBA e NFL.

O IBOPE Repucom divulgou também um levantamento sobre os comentários acerca da final da Libertadores, contando a partir de uma semana antes do evento. Foram 12,3 milhões de posts únicos sobre a partida, 76% deles vindos do Brasil e apenas 7% vindos da Argentina. Contabilizando os posts feitos entre o início do segundo tempo do jogo até um dia depois da final, e comparando apenas os países envolvidos diretamente, esse número impressiona ainda mais: 95% vindos do Brasil e apenas 5% da Argentina.

De acordo com Andrey Duarte, editor do portal REVIEWBOX, a consolidação do clube nas redes sociais é uma oportunidade imensa de renda para o time, pois a construção de uma boa base digital oferece a possibilidade para que a equipe de marketing do Flamengo possa atingir milhões de pessoas e, assim, conseguir lucrar com a venda de itens especiais do clube e com campanhas voltadas a torcida.

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0