Relação ‘desgatada’ põe fim à era de Luxemburgo no Grêmio

Demissão foi anunciada neste sábado pelo presidente Fábio Koff
29/06/2013 1:44 PM
©

O presidente do Grêmio, Fábio Koff, anunciou na manhã deste sábado (29) a demissão do técnico Vanderlei Luxemburgo. Pouco depois de comunicar a decisão ao treinador, que chegava ao Estádio Olímpico para um jogo-treino contra o Caxias, o mandatário concedeu entrevista coletiva em que não deu explicações detalhadas, mas alegou desgaste na relação de Luxa com a diretoria. 

– Alguns motivos não vou mencionar. Eu só posso reafirmar que a decisão foi tomada na hora certa, no momento adequado. E ela não resulta em nenhum desrespeito à figura do profissional. São fatos que ocorrem no futebol. O relacionamento ou se desgasta ou se fortalece. E o nosso se desgastou. Tomamos a atitude correta.

O auxiliar técnico Róger Machado vai assumir interinamente o comando do Tricolor e pode ser efetivado, segundo Koff. Após um longo convívio com Luxemburgo, ele é visto pelos dirigentes como uma aposta interessante para o cargo. Por outro lado, o próprio Roger chegou a afirmar recentemente que ainda não tinha a pretensão de se tornar treinador.

– O nome de um novo treinador, se é de ponta ou não, vai depender do Roger. Futebol depende de resultados e das respostas que o time dá em campo. Roger viveu uma parcela da vida dele aqui no Grêmio, viveu aqui e tem tudo para ser o treinador do Grêmio. Mas ele também terá de conversar com o Rui Costa e o seu futuro depende da reação que ele terá nessa conversa. Mas posso dizer que temos pelo Roger um respeito e um carinho pela biografia que ele tem no clube – declarou Koff.

Comentários

Icone Cinzento Balao Comentario
0