Brasil – PORTUGAL 19/11/2008

A festa de inauguração do Estádio Valmir Campelo de Bezerra, na cidade-satélite do Gama, foi completa. Teve o Hino Nacional cantado por Zezé Di Camargo, pontapé inicial da partida dado por Pelé e a consagração popular feita ao piloto Felipe Massa, aplaudido na volta olímpica que deu no gramado do Bezerrão.

Faltava uma exibição de futebol à altura do futebol pentacampeão do mundo. E a Seleção Brasileira não frustrou os torcedores que lotaram o estádio. Com uma atuação coletiva e brilho individual que caracterizam o melhor do futebol brasileiro, o time dirigido por Dunga impôs sua maior categoria sobre Portugal que acabou na construção de uma merecida goleada por 6 a 2.

O gol de Portugal, marcado por Danny logo aos quatro minutos, sequer deu para assustar. A Seleção Brasileira já dava mostras de que estava em uma noite que combinava aplicação com talento e, por isso, o gol de empate não demorou a sair, quatro minutos depois. Robinho lutou pela bola e serviu para Luís Fabiano concluir sem defesa para o goleiro português.

O Brasil tomou conta do jogo. Kaká conduzia o time ao ataque com suas jogadas de arrancada em direção ao gol adversário, Robinho se movimentava com inteligência e dribles objetivos e Luís Fabiano aparecia na frente sempre em condições de ser lançado.

Aos 25 minutos, surgiu o segundo gol. Kaká levou a melhor sobre dois marcadores e cruzou da direita para Luís Fabiano girar em cima do zagueiro Pepe e concluir outra vez com sucesso.

No segundo tempo, o Brasil continuou muito superior, a ponto de a goleada surgir naturalmente. Aos 10 minutos, depois de uma jogada trabalhada, Maicon recebeu pela direita e chutou, quase sem ângulo, entre a trave esquerda e o goleiro para fazer 3 a 1, aos 10 minutos – um golaço.

Três minutos depois, Luís Fabiano, o artilheiro do jogo, marcou o seu terceiro e o quarto do Brasil. Em outra jogada bem tramada, Robinho concluiu para a defesa parcial do goleiro Quim – no rebote, Luís Fabiano marcou.

Simão ainda diminuiu para Portugal, mas Elano aumentou com um belo gol. Em um chute cruzado, com efeito, enganou o goleiro e pôs os 5 a 2 no placar.

O artilheiro Luís Fabiano saiu do jogo e entrou outro atacante que sabe marcar gols. No final, Marcelo cruzou com precisão, e Adriano cabeceou para fechar a goleada de 6 a 2.

Bandeira Brasil
Brasil
6
PORTUGAL
2
Data: 11/19/2008
Seleção: Time principal
País: BRASIL (Brasília [DF])
Estádio: Estádio Bezerrão
Competição: Jogos amistosos
Árbitro: M. Jorge Larrionda [Uruguay]

Composição dos Times

Cartões