Próximo da final da Libertadores, Palmeiras cede empate ao Vasco no Brasileirão

Time repleto de garotos segura pressão vascaína em São Paulo e chega à final empolgado.
Campeonato Brasileiro: Palmeiras x Vasco da Gama (26/01/2021)
© Cesar Greco / Palmeiras

Na noite da terça-feira, 26, o Palmeiras segurou o Vasco da Gama e conquistou o empate por 1 a 1 no Estádio Allianz Parque, em São Paulo (SP), durante a rodada adiada da primeira semana da Série A do Campeonato Brasileiro 2020.

Era o primeiro duelo do Verdão reencontrando seu antigo técnico Vanderlei Luxemburgo.

O saldo ficou igualado, sem vantagem para Abel Ferreira, ou Luxa, técnico que hora é chamado de vitorioso, outras de ultrapassado.

Para quem assistiu ao jogo, notou que o alviverde foi com a “equipe ideal” pedida pelos torcedores: repleta de garotos da formação. Mas, que juntos, se mostram nenhum pouco a vontade pela falta de entrosamento no meio de campo.

Foram 31 minutos para o Palmeiras abrir o placar, com o gol do garoto de 25 anos, Breno Lopes, com direito a assistência de Gustavo Scarpa. No lance, Scarpa recebeu e do meio de campo deu passe açucarado na direita para Lopes ajeitar e no mano a mano bater no canto esquerdo, sem chance para o goleiro Fernando Miguel.

A diferença de quatro minutos resultou em placar igualado ao cruzmaltino. Em cobrança de falta, Martín Benítez lançou um foguete sem chance para o guarda-redes Weverton.

O tento fez o Verdão sentir e o segundo tempo foi dominado pelo clube carioca. Mesmo assim, nas estatísticas, o time da casa liderou a posse de bola (54%), como os tiros totais (14 diante de 13), no entanto, à baliza foram três chutes a cada lado.

O próximo duelo do Palmeiras é justamente a final da Copa Libertadores da América no Maracanã, neste sábado (30). Já o Vasco, encara o Bahia no dia seguinte pelo Brasileirão.