Mercado promissor: Clubes europeus conquistam fãs e consolidam suas marcas no país do futebol

Times como Paris Saint-Germain, da França, pretendem aumentar ainda mais a gama de produtos licenciados no Brasil

Grandes clubes europeus, com milhares de fãs mundo afora, têm visto no Brasil uma excelente oportunidade para a consolidação de suas marcas e geração de novas receitas através de ações de marketing e venda de produtos relacionados ao time.

Vender produtos licenciados no Brasil, por sinal, já se mostrou vantajoso para diversas empresas: de acordo com pesquisa de 2020 da Licensing International, o Brasil ocupa o 8º lugar no mundo em termos de produtos licenciados e vendas de serviços em geral – não só de esportes –, com um valor gerado de quase R$ 30 bilhões em vendas. O país apresentou aumentos contínuos nesse tipo de receita, com uma taxa de crescimento médio de quase 4% por ano desde 2015. Isso torna o Brasil um mercado atraente para os clubes europeus, não só pelo interesse no futebol, mas também pelos valores que movimenta na indústria de licenciamento de produtos esportivos. Por isso, essas instituições buscam, cada vez mais, firmar uma relação de proximidade com os amantes do esporte no país.

Para se ter uma ideia, o Paris Saint-Germain (PSG), da França, já tem quatro milhões de fãs brasileiros no Facebook e mais de seis milhões no YouTube. Com isso, o Brasil se tornou a maior comunidade do mundo do clube, à frente da própria França. Em seguidores brasileiros, o PSG seria o quinto maior entre os clubes do Brasileirão. As informações são de Frédéric Fausser, CEO da agência de marketing digital Samba Digital, em entrevista para o blog MKT Esportivo.

Dentro de campo, o PSG vai bem: é líder isolado do Campeonato Francês e está praticamente classificado para a fase eliminatória da Liga dos Campeões da UEFA. Já fora das quatro linhas, o clube enxerga o mercado brasileiro com diversas oportunidades para consolidar, ainda mais, a sua marca internacionalmente. Produtos licenciados – não apenas uniformes de jogos – podem ser encontrados em lojas por todos o país, mas o clube francês pretende ampliar a lista de itens disponíveis no Brasil.

Um acordo recente firmado entre o PSG, a Fanatics (dona dos direitos de licenciamento global do time), a Destra (plataforma de licenciamento) e a Samba Digital promete trazer uma gama muito maior de produtos oficiais do clube para o Brasil nos próximos meses e anos. Itens como bonés, toalhas, chaveiros e copos oficiais do time parisiense devem ficar à disposição para os fãs da equipe de Lionel Messi, Neymar e Kylian Mbappé em terras tupiniquins. Mais informações e detalhes sobre o acordo, anunciado nas últimas semanas, devem ser divulgados em breve.

O PSG já havia feito uma ação ousada no Brasil, ao lançar, no fim de 2019, um programa de sócio-torcedor no país. O “MyParis Brasil” busca aproximar os fãs do clube no território nacional com um conjunto de vantagens e sorteios personalizados para os torcedores que fizerem a adesão. Esse foi o primeiro programa de sócio-torcedor de um clube europeu no Brasil.

Outros investimentos europeus no país

A busca pelos títulos mais cobiçados no futebol mundial custa caro. Os grandes clubes do futebol europeu sabem disso e conhecem, também, o apetite do mercado brasileiro na compra de produtos esportivos do Velho Continente. O Brasil é visto com bons olhos pelas equipes de marketing desses clubes, que buscam aumentar suas receitas. Veja alguns outros casos de ações de marketing por aqui:

  • Bayern de Munique: o clube alemão já promoveu uma sessão de treinamentos em uma comunidade carente na zona oeste de São Paulo e inaugurou uma quadra de futsal no local. O evento contou com os ex-jogadores Paulo Sérgio e Lúcio e ocorreu em dezembro de 2019;
  • Manchester City e Juventus: o clube inglês e o italiano já promoveram vendas de chocolates no mercado nacional em 2020. Foram comercializados ovos de chocolate temáticos que acompanhavam uma bola oficial de brinde;
  • Barcelona: o clube espanhol investe pesado no Brasil. No início de 2021, uma parceria com a bebida Gatorade sorteou camisas oficiais do clube e viagens para a Espanha. Em 2017, o clube também fez parceria com uma varejista esportiva brasileira que vendeu produtos licenciados do Barcelona.

Sobre o PSG e a antiga relação com o Brasil

O Paris Saint-Germain foi fundado na capital francesa em 12 de agosto de 1970. O clube sempre foi conhecido no Brasil devido, principalmente, à contratação de vários bons jogadores brasileiros desde a década de 1990.

O PSG é o segundo clube que mais vezes venceu o Campeonato Francês – nove títulos – e é o maior campeão da história da Copa da França, torneio que venceu em 14 oportunidades. O clube de apenas 51 anos de idade já contou com 33 jogadores brasileiros na sua vitoriosa história.

Raí, um dos maiores jogadores do São Paulo e campeão da Copa do Mundo de 1994 com a seleção nacional, foi o primeiro brasileiro a se tornar ídolo no clube parisiense. Ele atuou com a camisa do PSG entre 1993 e 1998 e ganhou sete títulos oficiais, incluindo uma Recopa Europeia, considerada a conquista internacional mais importante da história do clube, em 1996.

Anos depois, um dos maiores ídolos do futebol brasileiro de todos os tempos chegou em Paris: Ronaldinho Gaúcho. O craque jogou no PSG entre 2001 e 2003, período em que conquistou a Copa do Mundo de 2002 pela seleção brasileira, deixando o clube francês com visibilidade consolidada entre os amantes de futebol no país. “R10” ganhou, porém, apenas uma competição no PSG: a Copa Intertoto da UEFA de 2001.

Em junho de 2011, o clube foi comprado por um fundo de investimentos do Catar – o Qatar Sports Investments (QSI) -, um órgão governamental especializado em investimentos nacionais e internacionais e que visa fortalecer e diversificar a economia do país árabe. Desde então, jogadores de renome internacional foram contratados, como o sueco Ibrahimovic e o inglês Beckham. Brasileiros também reforçaram a equipe e aumentaram a relação com o país do futebol. Thiago Silva, Daniel Alves e Neymar – que ainda está no clube – passaram pelo time francês na última década.

Artigos Relacionados

jan 15, 2021
Balao Comentario 0
Parisienses faturam primeiro título da temporada sob comando de novo técnico.
fev 04, 2021
Balao Comentario 0
Com a renovação de Neymar, time parisiense coloca sua ambição de transformar a equipa a nível europeu.
abr 10, 2021
Balao Comentario 0
Mbappe marcou duas vezes com Neymar fazendo duas assistências no espaço de 25 minutos na vitória.
mar 20, 2021
Balao Comentario 0
O portal francês RMC informa que o incidente se tornou "extremamente violento" com a esposa de Di Maria, Jorgelina, e seus dois filhos pequenos.
mar 12, 2021
Balao Comentario 0
Com o Paris classificado para a próxima fase do mata-mata da Champions League, a equipe francesa aguarda o próximo adversário
fev 12, 2021
Balao Comentario 0
Atacante brasileiro sofre nova lesão próximo de decisão importante na Champions League.