Longe do Everton, Bernard se torna protagonista no Sharjah FC

Maior transferência da história do Atlético-MG, Bernard foi apresentado esta semana no Sharjah FC.

Apelidado no passado por Luis Felipe Scolari como “alegria nas pernas” na Copa de 2014, Bernard conviveu com dramas em sua carreira.  Recentemente deixou o clube inglês Everton para migrar ao Sharjah FC.

O mineiro assinou contrato de dois anos, com opção de renovação por mais uma temporada.

Revelado no Atlético-MG, o jogador venceu a Copa Libertadores em 2013, ao lado de Ronaldinho.

Bem como, a fase foi boa, que até rendeu uma transferência ao futebol ucraniano e convocação à seleção.

Com pompa de craque, participou da Copa do Mundo em 2014, onde ficou com a sombra de ter participado do 7 a 1 diante a Alemanha. Esquecido na Seleção Brasileira, brilhou no Shakhtar Donetsk, onde permaneceu por quatro temporadas até chegar à Premier League em 2018, de graça.

Trajetória na Inglaterra

Sob o comando de Carlo Ancelotti fez 84 aparições, marcando oito gols. Como também, no início, os torcedores se mostraram empolgados com suas aparições ao lado de Richarlison, outro brasileiro. O canhoto foi aos poucos caindo no esquecimento e amargando a reserva.

Sua despedida foi de forma memorável. Marcou na vitória de 4 a 2, durante o clássico de nove gols da FA Cup de fevereiro contra o Tottenham.

Ao sair por um milhão de euros (cerca de R $6 mi), Bernard comentou em suas redes sociais que “fatores externos”, o fizeram sair do Toffle.

Sem brilhar em um time inglês, Bernard saiu sob bons olhos para o torcedor do Everton, mas longe daquele jogador projetado pelo Galo.

Em busca do protagonismo

Ao pisar pelo seu novo clube, Sharjah, terá que puxar a responsabilidade de não ser apenas uma coadjuvante, mas o astro principal de uma equipe que almeja vencer o campeonato local.

Talvez o maior desafio de sua carreira, ao contrário do Shakhtar e Everton, o jogador não era o camisa 10 de um time recheado de brasucas com mais status do que o mesmo.

Ademais, terá que enfrentar o obstáculo de não ser esquecido no Brasil atuando em uma liga sem cobertura esportiva no Brasil e com fama de “local para uma pré-aposentadoria”.

O Sharjah FC vai ser o quinto clube de Bernard. Em todos esses contras, está o pró de se conquistar êxito, será a primeira vez que de fato, se torna protagonista em um time. Algo projetado em seu início, que nunca foi concretizado.

Artigos Relacionados

fev 21, 2021
Balao Comentario 0
Com jejum desde 1999, time azul conquista grande resultado no estádio rival vencendo os atuais campeões da Premier League.
maio 24, 2021
Balao Comentario 0
O jogo teve dobradinha do argentino e de brasucas.