Filho de goleiro Bruno diz não sentir raiva do pai – confira

Jovem goleiro assinou seu primeiro contrato profissional recentemente
por
André Merice
2024-03-04 22:38:58

Bruninho Samudio, filho da falecida Eliza Samudio, assinou seu primeiro contrato profissional com o Athletico-PR no mês passado.

Em uma entrevista concedida ao programa "Geral do Povo", o jovem goleiro abordou sua relação com seu pai biológico, o ex-goleiro Bruno.

Bruninho assinou com o Furacão

  • Com 1,88m de altura e calçando chuteira 44, Bruninho chamou a atenção nas escolinhas de futebol pelo Brasil.
  • Em 2022, o jovem realizou um teste e ingressou no Athletico-PR na categoria sub-13, e agora, em 2024, após se destacar em diversas partidas, ele avança para o sub-14, sendo também integrado ao sub-15 devido à sua estatura e desempenho promissor.
  • Aos 14 anos, Bruninho assinou com o Athletico-PR, em uma data simbólica: 22 de fevereiro, dia em que sua mãe completaria 39 anos.

LEIA MAIS SOBRE O GOLEIRO BRUNO:

++ Goleiro Bruno, ex-Flamengo, é oferecido a clubes do interior de MG; Veja chance de voltar a jogar
++ Ex-goleiro Bruno estaria devendo pensão do filho desde o final de 2022
++ Filho de ex-goleiro Bruno e Eliza Samúdio começa no futebol de base do Athletico-PR

Quer ficar por dentro do que acontece de mais importante no "Mundo da Bola"!? Então fique ligado no Sambafoot! Siga nossos perfis no InstagramX (antigo Twitter) e Facebook!

"Não sinto raiva dele", revela Bruninho

Durante a entrevista, Bruninho foi questionado se considerava Bruno um "bom jogador". Em companhia de sua avó, sua tutora legal, ele afirmou que, como atleta, reconhece as habilidades do pai, mas acrescentou que não o considera uma "boa pessoa".

– Ele era um bom jogador. Só que não era uma boa pessoa – declarou o jovem, destacando a dualidade entre as habilidades e o caráter moral de Bruno.

Ao ser questionado sobre seus sentimentos em relação ao pai, Bruninho afirmou que não nutre ódio por ele, mas sim pena. A condenação de Bruno em 2013, por ocultação de cadáver, sequestro e cárcere privado de Eliza Samúdio, deixou uma marca na vida do menino. O crime ocorreu em 2010, quando Bruninho era apenas um bebê de meses de vida.

– [Não] Tenho nada. Tenho pena só – ressaltou.

Após cumprir cinco anos de prisão, Bruno foi transferido para o regime semiaberto em 2018 e, desde janeiro deste ano, está em liberdade condicional. Ele tentou retomar sua carreira como jogador de futebol em clubes de menor expressão, porém, não conseguiu se firmar.

Homenagem para a mãe

Os sonhos de Eliza Samudio para seu filho ecoam mesmo após sua partida prematura. Ela acreditava que Bruninho seria um goleiro de sucesso e imaginava um futuro em que ele defenderia o São Paulo, clube pelo qual ela era torcedora.

– Foi um presente para ela – compartilhou Bruninho, emocionado ao assinar seu primeiro contrato com o Athletico-PR.

Além de uma ajuda financeira mensal, Bruninho terá a oportunidade de estudar no próprio centro de treinamento do Athletico-PR, graças a uma parceria estabelecida com uma escola particular, além de receber acompanhamento médico especializado fornecido pelo clube.

VEJA TAMBÉM:

++ Sambafoot Series estreia com documentário sobre Zagallo
++ Histórias com Zagallo: Zinho perde a mãe no mesmo dia em que venceu a Copa do Mundo de 1994
++ Histórias com Zagallo: a admiração de Jairzinho por Garrincha

Quer ficar por dentro do que acontece de mais importante no "Mundo da Bola"!? Então fique ligado no Sambafoot! Siga nossos perfis no InstagramX (antigo Twitter) e Facebook!