Em “show dos pênaltis”, Red Bull Bragantino derrota Ceará

Com todos os gols marcados em cobrança de penalidade máxima, jogo do Brasileirão se torna atração inusitada perto do fim.
Bragantino x Ceara
© Ari Ferreira / Red Bull Bragantino

Dois gols de pênalti de Claudinho no segundo tempo e um descontado também em penalidade, deram ao Bragantino uma vitória por 2 a 1 sobre o Ceará, no domingo (17), pela 30ª rodada do Brasileirão.

O primeiro tempo foi equilibrado, sem chance de gols para os lados.

Nas estatísticas, o Braga obteve 64% de posse de bola, com 15 chutes, sete ao alvo. O Vozão, reteve em 36%, mirou em 12 oportunidades, três à baliza.

No segundo tempo se tornou uma decisão entre “cobranças de pênalti”. O cearense Bruno Pacheco derrubou Artur na área. Claudinho cobrou a cobrança de pênalti e deu a vantagem ao Braga aos 56 minutos.

O Ceará respondeu quando Luiz Otávio foi derrubado na área por Ricardo Ryller. O VAR concluiu o lance em favor ao time rival. Lima empatou aos 63 minutos.

O Bragantino tentou muito furar o bloqueio do alvinegro, com chutes e tentativas adoidadas. O próprio Ceará também teve chances, mas ineficaz em obter sucesso.

Nos acréscimos, William Oliveira também foi derrubado e o Árbitro de Vídeo covalidou ao Massa Bruta. Claudinho converteu, fazendo o segundo gol da noite e deixando seu dupleto em noite mágica de penaltis.

Os dois times voltam a campo no meio da semana. Red Bull Bragantino recebe o Vasco na quarta-feira e o Ceará visitando o Goiás na quinta-feira.

Com o resultado, o Bragantino está na 12ª colocação com 38 pontos, enquanto o Fortaleza na 16ª, com 36.