Em jogo de dois expulsos e seis gols, Coritiba e Fluminense empatam

Em jogo de seis gols e dois expulsos, o duelo entre Coxa e Tricolor Carioca se torna o mais louco da rodada do meio de semana do Brasileirão.
Coritiba x Fluminense
© Coritiba

Durante quarta-feira, 20, pela 31ª rodada do Brasileirão 2020. O Coritiba empatou com o Fluminense por 3 a 3 em um duelo maluco com um jogador expulso de cada lado. O jogo foi realizado em um Couto Pereira ainda sem público por conta da pandemia de coronavírus que assola o país.

As duas equipes entraram em um 4-3-2-1 armado, deixando a forma parecida, mas com uma questão levantada: como as equipes iriam se estudar e atuar para matar a defesa rival?

O Coxa Branca abriu o placar aos três minutos, com Luiz Henrique, depois alargou a contagem em um contra-ataque concluído pelo jogador de apenas 19 anos, Natanael.

Uma promessa xérem de 18 anos chamada John Kennedy estreou nos profissionais e reduziu a desvantagem a favor do Flu, após uma saída de bola falhada por Wilson.

O ex-jogador de Cruzeiro, Atlético Mineiro, Lyon e Seleção Brasileira, Fred, catapultou a pelota para deixar tudo igual aos 71 de bola rolando.

Neilton recuperou a posse e deixou em momento oportuno para Robson marcar e virar, em apenas cinco minutos de diferença. Novamente para o lado dos paranaenses.

Caberia a Nenê, antigo futebolista do Vasco da Gama, São Paulo FC e clubes franceses com AS Monaco e PSG. O camisa 10 substituiu Yago Felipe e mudou a cara do time oferecendo mais rigor e forma à equipe.

Isso permitiu Caio Paulista empatar nos acréscimos, antes da expulsão de Robson.

O jogo terminou em um pequeno caos. Ambos os clubes obtiveram um jogador expulso ao relvado. Paulista e Robson foram mandados para fora após um confronto acalorado no minuto final.

O Coritiba ocupa a 18ª posição, enquanto o Fluminense é o 7º colocado.