Craques à vista? Quatro jogadores brasileiros figuram entre as jovens promessas do futebol mundial em lista do The Guardian

Foi divulgada, no dia 7 de outubro, a tradicional lista de promessas do futebol mundial do jornal britânico The Guardian.

Entre os 60 nomes, o Brasil teve quatro (4) representantes na lista desse ano – todos nascidos em 2004. Apenas um (1) desses atletas não atua no futebol brasileiro.

Ângelo (Santos), Matheus Nascimento (Botafogo), Savinho (Atlético-MG) e Vinicius Tobias (Internacional, emprestado ao Shakhtar da Ucrânia) são as joias do futebol verde e amarelo, na visão dos jornalistas britânicos, que têm tudo para brilhar ainda mais nos próximos anos. O Brasil ficou empatado com a Espanha no pódio dos países com mais representantes na lista.

Todos os atletas jogam em posições ofensivas, tirando Vinicius Tobias, que é lateral-direito. Ele também é o único jogador, entre os brasileiros, que não atua no futebol nacional. A lista é chamada de “Next Generation”, que significa “a próxima geração” em português, e é divulgada pelo jornal desde 2014.

Conheça um pouco mais dos jovens atletas brasileiros destacados na listagem de 2021:

Ângelo

Ângelo é natural de Brasília, Distrito Federal. Nasceu em 21 de dezembro de 2004. Fez parte das categorias de base do Santos de 2015 a 2020, quando foi promovido à equipe profissional. Joga na posição de atacante e foi o jogador mais novo (15 anos) a atuar na equipe praiana em toda a história do clube, quando entrou em campo em partida válida pelo Campeonato Brasileiro de 2015, contra o Fluminense. Seu primeiro gol da carreira foi contra o San Lorenzo, pela Libertadores de 2021, se tornando o jogador mais jovem (16 anos, 4 meses e 16 dias) a marcar em uma partida pela competição. Já foi convocado para a Seleção Brasileira sub-15, sub-16 e sub-17.

Matheus Nascimento

Matheus Nascimento também é atacante. Natural do Rio de Janeiro, capital, nasceu em 3 de março de 2004. Já foi convocado para todas as seleções de base, desde o sub-13. Ingressou nas categorias de base do Botafogo em 2015 e estreou no profissional em 2020. Fez o seu primeiro gol no profissional contra o Macaé, em partida válida pelo Campeonato Carioca de 2021. Já foi cogitado por grandes clubes do futebol europeu e teve, inclusive, uma proposta de quase R$150 milhões de um clube português rejeitada pela diretoria do Fogão. O Botafogo não revelou o nome do time responsável pela proposta e limitou-se, apenas, a dizer que acredita que o atacante possa render ainda mais em um futuro breve.

Savinho

Outro atacante que figura na lista é Savinho, do Atlético-MG. Natural de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, já foi convocado para as seleções sub-15, sub-16 e sub-17. Estreou no profissional no Campeonato Brasileiro de 2020, em partida contra o Atlético-GO, mas ainda não marcou o primeiro gol da carreira. Foi muito elogiado pelo técnico argentino Jorge Sampaoli, responsável por promover a jovem promessa à equipe principal, e que disse tratar-se de um atleta de “grande futuro”. Já teve o seu nome ligado ao Manchester City da Inglaterra, um dos clubes mais poderosos do mundo no momento. Mas, de acordo com a diretoria alvinegra, o clube ainda não pensa em negociar o atleta.

– Vinicius Tobias

Vinicius Tobias é o único dos brasileiros que não é atacante e que não atua no futebol nacional. Natural de São Paulo, capital, ele nasceu no dia 23 de fevereiro de 2004. Chamou a atenção de clubes europeus após a sua grande atuação no Torneio Sul-Americano Sub-15 de 2019. Não chegou a atuar pelo Inter e logo foi negociado com o Shakhtar da Ucrânia. De acordo com as regras da FIFA, os atletas só podem ser vendidos para o exterior após completarem 18 anos de idade. O Inter, então, emprestou o jogador ao clube ucraniano e, quando ele for maior de idade, a sua venda será sacramentada por um valor de quase R$40 milhões. De acordo com o The Guardian, o olheiro do Shakhtar responsável por sua contratação, disse se tratar de um “camisa 10 que joga na lateral-direita”.

Como estão os brasileiros das listas anteriores

O Brasil sempre teve representantes em todas as edições da lista “Next Generation”, divulgada pelo The Guardian desde 2014. Saiba onde jogavam e onde estão as promessas listadas nos anos anteriores pelo jornal sediado em Londres:

– 2014 (atletas nascidos em 1997):

  • Malcom: atacante do Corinthians. Foi vendido por cerca de R$22 milhões ao Bordeaux da França, em 2016. Chegou a jogar no Barcelona e hoje está no Zenit, da Rússia. Foi convocado recentemente para a Seleção Brasileira pelo técnico Tite.
  • Gerson: meia do Fluminense. Foi vendido para a Roma da Itália por R$60 milhões, em 2016. Voltou para o Brasil em 2019 e brilhou no Flamengo, sendo vendido esse ano para o Olympique de Marselha, da França, por R$154 milhões.

– 2015 (atletas nascidos em 1998):

  • Evander Ferreira: meia-atacante do Vasco da Gama. Foi negociado com Midtjylland, da Dinamarca, por cerca de R$18 milhões em 2018.
  • Lincoln: meia-atacante do Grêmio. Foi vendido para o Santa Clara de Portugal em 2019. Os valores do negócio não foram divulgados.
  • Matheus Pereira: meia-atacante do Corinthians. Foi vendido para o Empoli, da Itália, em 2016. Os valores não foram divulgados. Hoje está na equipe de reservas do Barcelona, da Espanha.

– 2016 (atletas nascidos em 1999):

  • Luiz Fernando: atacante do Figueirense. Foi vendido para o Fiorentina, da Itália, em 2018, por valores não divulgados. Teve passagem apagada pelo Athletico-PR em 2019 e foi contratado pelo América-MG em 2021, onde figura no banco de reservas.
  • Fabrício Oya: meia do Corinthians. Não se firmou no clube paulista e foi vendido para o Torpedo Zhodino, da Bielorrúsia, em 2021. Os termos do negócio não foram divulgados.
  • Nicolas Reis Bernardo: atacante do Santos. Não chegou a jogar nenhuma partida no profissional de seu clube de formação e foi dispensado em 2019. Acertou pouco tempo depois com o Chaves, de Portugal, onde está até hoje.

– 2017 (atletas nascidos em 2000):

  • Lincoln: atacante do Flamengo. Sem espaço no clube, foi vendido esse ano para o Vissel Kobe, do Japão, por R$15 milhões.
  • Paulinho: atacante do Vasco. Era titular absoluto do clube cruz-maltino, até ser vendido por R$85 milhões para o Bayer Leverkusen, da Alemanha, em 2018. Foi campeão dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 com a Seleção Brasileira.
  • Vinicius Júnior: atacante do Flamengo. É o jogador brasileiro que mais teve destaque internacional desde a primeira lista do The Guardian. Foi vendido, em 2018, por R$164 milhões para o Real Madrid, da Espanha – o clube mais poderoso do planeta. É titular da Seleção Brasileira.

– 2018 (atletas nascidos em 2001):

  • Ed Carlos: meia do São Paulo. Teve vários problemas de lesão e não se firmou no clube da capital paulista. Se transferiu para o rival Santos, esse ano, em busca de mais oportunidades.
  • Rodrygo: atacante do Santos, e outro jogador que conseguiu se destacar internacionalmente. Foi titular absoluto do Peixe em 2018 e, no mesmo ano, foi vendido para o Real Madrid por incríveis R$193 milhões. É convocado frequentemente pelo técnico Tite para a Seleção.
  • Luan Cândido: lateral-esquerdo do Palmeiras. Não chegou a atuar pelo clube verdão e logo foi vendido, em 2018, para o Leipzig, da Alemanha. O negócio foi fechado por R$35 milhões. Hoje, ele atua pelo Bragantino, emprestado pelo clube alemão.

– 2019 (atletas nascidos em 2002):

  • Yan Couto: lateral-direito do Coritiba. Estreou pelo Coxa em 2020 e foi vendido no mesmo ano para o Manchester City por R$30 milhões. Está emprestado para o Braga, de Portugal, para a temporada atual.
  • Talles Magno: atacante do Vasco. Teve atuações de destaque no clube carioca e foi vendido por R$63 milhões para o New York City, dos Estados Unidos, no início desse ano.
  • Reinier: atacante do Flamengo. Despontou como uma grande promessa após fazer vários gols pelo clube carioca. Foi vendido por R$136 milhões para o Real Madrid, em 2020. Está emprestado para o Borussia Dortmund, da Alemanha, para a temporada atual. Foi campeão dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

– 2020 (atletas nascidos em 2003):

  • Bruno Gonçalves: atacante do Bragantino. Fez a sua estreia pelo clube profissional de Bragança Paulista no Campeonato Brasileiro desse ano. O clube espera que o seu futebol desponte no ano que vem.
  • Metinho: meia do Fluminense. Nasceu no Congo e se mudou para o Brasil quando tinha apenas um (1) ano de idade. Jogou apenas uma partida pelo clube profissional do Tricolor e já foi vendido, em setembro desse ano, para o Troyes, da França. O clube europeu desembolsou R$30 milhões para contar com o futebol do jogador.

Artigos Relacionados

jan 09, 2021
Balao Comentario 0
Colorados jogam na média, mas conquistam vantagem em cima da fragilidade do Vozão.
jan 11, 2021
Balao Comentario 0
Partida marcou a quinta vitória consecutiva no torneio mais disputado da América Latina.
jan 11, 2021
Balao Comentario 0
No segundo jogo de Vanderlei Luxemburgo, Gigante da Colina conquista nova vitória e reascende luta para uma vaga na Copa Sul-Americana.
jan 12, 2021
Balao Comentario 0
Jorge Sampaoli perde oportunidade única de encostar na ponta e Galo patina em tentar alcançar líder São Paulo. Braga conquista belo resultado dentro de casa diante uma das equipes mais fortes do Brasileirão.
jan 12, 2021
Balao Comentario 0
Casa de apostas estampará sua marca no meio da camisa do Galo com planos ambiciosos ao futebol brasileiro e latino.
jan 21, 2021
Balao Comentario 0
Fernando Diniz não consegue fazer equipe funcionar dentro de casa e vê vantagem construída ao longo do campeonato, ir para o ralo.