Confira o ranking da Conmebol. Como estão nossos times?

Se os times brasileiros estão dominando a Libertadores e a Sul-Americana em 2021, com os quatro finalistas sendo do nosso país, na história das principais competições de clubes do continente o panorama é diferente.

Para determinar o número de vagas disponível para cada país em seus campeonatos e o pote em que cada time vai nos sorteios das chaves, a Conmebol criou um ranking para determinar quais os melhores times e países. A classificação leva em conta o desempenho histórico na Libertadores e na “Sula”, com maior peso para os últimos 10 anos, e também dá pontos para os títulos nacionais conquistados.

Dobradinha argentina na ponta

Ainda que não vençam uma Libertadores desde 2018, a dupla River Plate e Boca Juniors aparece nas duas primeiras posições da classificação. Na sequência, dois brasileiros, Grêmio e Palmeiras e um uruguaio, o Nacional. Flamengo e Santos são os outros clubes do Brasil no Top-10 da América do Sul. O país é o que mais tem equipes nos 50 primeiros lugares do ranking. São 13 agremiações brasileiras neste seleto grupo.

O último ranking foi divulgado em fevereiro de 2021 e deverá ser atualizado após as finais desta temporada, que acontecem no final de novembro.

Posição

Clube

País

Pontuação

River Plate Argentina 10.652
Boca Juniors Argentina 8.298,5
Grêmio Brasil 6.950,5
Palmeiras Brasil 6.629,9
Nacional Uruguai 5.444,5
Flamengo Brasil 5.140,6
Atlético Nacional Colômbia 4.833,3
Peñarol Uruguai 4.632,2
Santos Brasil 4.443,9
10º Independiente Argentina 4.210

Clubes brasileiros crescem nos últimos anos

Apesar do domínio financeiro dos times brasileiros na América do Sul, a Libertadores e a Copa Sul-Americana estão longe de serem moleza. Normalmente os argentinos, mesmo com orçamentos mais modestos, fazem frente aos gigantes do nosso país.

Mas, nos últimos 10 anos, uma hegemonia brasileira está se formando.

São 6 vencedores do Brasil, contra 3 da Argentina e um da Colômbia. E em 2021 o campeão será, com certeza, um time brasileiro, pois Palmeiras e Flamengo decidem a competição no Estádio Centenario, no Uruguai. Esta será a terceira decisão em jogo único. Em 2019, o Flamengo venceu o River e, em 2020, o Palmeiras passou pelo Santos na decisão.

Sul-Americana, torneio mais democrático

Se na Libertadores o Brasil tem dominado nos últimos anos, na Sula a distribuição dos títulos é mais diversificada. Nas últimas 10 edições, quatro argentinos foram campeões, três brasileiros venceram o torneio e chilenos, paraguaios e colombianos levantaram o troféu. Em 2021, Red Bull Bragantino e Athletico-PR fazem a decisão, também no Estádio Centenario.

Mas, como funciona o ranking Conmebol? Confira a fórmula

Para montar o ranking dos melhores times da América do Sul, a Conmebol  assinala pontos anualmente e, a cada ano que passa, essa pontuação sofre uma depreciação de 10%, até que após 10 temporadas, aquele desempenho passa a fazer parte do coeficiente histórico e seu valor não cai mais. Campeões nacionais ganham 50 pontos extras.

Colocação

Libertadores

Sul-Americana

Campeão 1000 600
Vice-campeão 500 300
Semifinalista 300 180
Quadrifinalista 200 120
Oitavas-de-final 100 60
Participação fase de grupos 100
Vitória 80 48
Empate 40 24
Participação pré-Libertadores 25 15

Artigos Relacionados