Como está a briga pela artilharia do Brasileirão?

Faltam poucas rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro e, além da lista final dos classificados para os torneios continentais e dos 4 que jogarão a Série B em 2021, uma dúvida está na cabeça dos torcedores: quem será o artilheiro do torneio?

Faltam poucas rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro e, além da lista final dos classificados para os torneios continentais e dos 4 que jogarão a Série B em 2021, uma dúvida está na cabeça dos torcedores: quem será o artilheiro do torneio?

Hulk é o grande favorito a terminar com o maior número de gols, mas outros jogadores acompanham o craque do Galo de perto. Veja como está a disputa!

Tabela de artilheiros do Campeonato Brasileiro

O ranking abaixo está atualizado até 29 de novembro!

Jogador

Gols

Partidas

Média de Gols

Hulk Atlético 17 33 0,51
Michael Flamengo 13 33 0,39
Gilberto Bahia 12 33 0,39
Gabriel Flamengo 11/td> 16 0,69
Bruno Henrique Flamengo 11 22 0,50
Ytalo Bragantino 11 27 0,41
Edenílson 11 Primeira fase 31 0,35
Yuri Alberto Internacional 11 31 0,35

Principais candidatos

O sonho do bicampeonato está perto e o Atlético-MG ainda pode ter Hulk como o principal marcador da competição.

Enquanto isso, os atacantes do Flamengo tentam correr atrás. Veja quem está na briga para ser artilheiro do Brasileirão!

Hulk (Atlético-MG)

É o grande jogador da temporada e líder em gols (17) e participações (24). Fez os dois tentos da virada contra o Fluminense, no último fim de semana, e abriu vantagem para ser artilheiro do Brasileirão.

Dos seus 17 gols, cinco foram marcados de pênalti. Uma estatística importante é que o atacante tem 33 partidas disputadas, então a sua média de gols é acima de 0,5 por jogo.

Com poucas rodadas para o fim e o Galo na busca por confirmar o bicampeonato, parece pouco provável que Hulk perca o posto de artilheiro.

Michael (Flamengo)

Com 13 gols em 33 jogos (22 como titular), Michael melhorou o seu desempenho nos últimos meses e está entre os melhores jogadores do segundo turno.

Contestado pela torcida desde a sua contratação, no início de 2020, o atacante conseguiu uma bela reviravolta e se tornou uma peça importante no elenco, mas nem sempre começa jogando.

O seu próximo jogo é contra o Ceará (30/11) e, se conseguir balançar as redes, pode encurtar a distância para Hulk. Porém, não está nem confirmado no time titular.

Gilberto (Bahia)

Atualmente na terceira colocação, com 12 gols marcados, Gilberto é a grande esperança do Bahia para escapar do rebaixamento.

O camisa 9 alternou bons momentos e idas para o banco de reservas, e acabou fazendo apenas 24 partidas como titular. Mas seus gols serão importantes na reta final para ajudar o Esquadrão de Aço.

Gabriel (Flamengo)

Com 11 gols (3 de pênalti) em 16 jogos, Gabigol é um caso à parte. Artilheiro em duas oportunidades (2018 e 2019), foi desfalque em muitos jogos da temporada por servir à Seleção Brasileira.

Tem a melhor média entre os líderes (quase 0,7 por jogo) e dois hat-tricks no torneio, mas parece distante da artilharia do Campeonato Brasileiro.

Edenílson (Inter)

Apesar de jogar no meio-campo, Edenilson é o batedor de pênaltis do Inter — dos seus 11 gols, seis foram dessa forma.

Por isso, é difícil que o meia colorado seja o artilheiro do Brasileirão, mas sua participação será decisiva na briga por uma vaga na Libertadores.

Outros jogadores também têm 11 gols marcados: Bruno Henrique (Flamengo), Ytalo (Red Bull Bragantino) e Yuri Alberto (Inter).

A briga para ser artilheiro do Brasileirão tem tudo para ser definida na última rodada. Hulk pulou na frente e é o grande favorito, mas nada está garantido. Vamos acompanhar o desenrolar dessa história!

Artigos Relacionados