Com Rafael Carioca, Tigres elimina Palmeiras do Mundial de Clubes

Time mexicano chefiado por técnico brasileiro derrota o campeão da Copa Libertadores atuando melhor durante os 90 minutos.
palmeiras x tigres
© Tigres

No domingo (7), o Tigres UCNL eliminou o campeão da Libertadores Palmeiras por 1 a 0 na semifinal do Mundial de Clubes da FIFA. Pierre Gignac anotou o tento aos 54 minutos.

Único campeão da Champions League da Concacaf a chegar à final, o Tigres também se colocou no posto de ser o primeiro mexicano finalista.

Para o duelo a partida contou com o brasileiro Rafael Carioca na qual neutralizou o meio de campo do Verdão e conduziu com maestria o Tigres.

A equipe amarela teve 54% de posse de bola, oito chutes, quatro à baliza, somando todos os melhores ataques durante os 90 minutos.

O goleiro palmeirense Weverton, salvou a equipe brasileira de um vexame com três grandes defesas na pequena área.

Já o meia Rafael Carioca do Tigres, deu 70 toques na bola com uma porcentagem de acertos em passe de 88%.

Enquanto Abel Ferreira viu sua equipe e principalmente o meio e ataque produzir abaixo do esperado.

O alviverde que há oito dias havia vencido a Liberta, sucumbiu em meio uma rotina de um jogo a cada três dias.

Treinado por um brasileiro radicalizado mexicano. Ricardo Ferretti de Oliveira foi nascido no Rio de Janeiro, foi jogador de futebol e iniciou a carreira no Botafogo. Em 2015 esteve à frente do time na Copa Libertadores, onde foi derrotado pelo River Plate de Marcelo Gallardo.

Tuca, como é conhecido, teve passagens pelos clubes mexicanos Atlas, Pumas, Deportivo Neza e Monterrey. Encerrou sua carreira no Toluca.

Com brasileiros na equipe, o Tigres enfrentará o Bayern de Munique na final do Mundial. A expectativa é que pela primeira vez na história um time da América do Norte vença o Mundial de Clubes.

Um feito inalcançável até o momento para uma equipe do méxico.