Bruno Guimarães substitui Casemiro na Seleção Brasileira

Após o Real Madrid soltar nota divulgando que Casemiro estava com coronavírus, o técnico Tite correu contra o tempo e chamou o meia do Lyon.

Neste sábado (07) Bruno Guimarães foi chamado às pressas para a Seleção Brasileira pelo técnico Tite para a disputa das próximas duas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo, contra Venezuela e Uruguai nos dias 13 e 17, em São Paulo e Montevidéu.

Na manhã do mesmo dia, o Real Madrid anunciou que Casemiro e Eden Hazard testaram positivo à Covid-19.

O que significaria que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) perderia o volante merengue para os compromissos desta semana. 

Em enquete realizada pela Sambafoot no Twitter, cerca de 71.4% de votos pediram pelo craque do Lyon.  

Por poucas horas surgiu uma dúvida pelos torcedores do Flamengo que o comandante da maior seleção do mundo chamaria Gérson, desfalcando o Rubro-negro para o duelo diante o São Paulo no meio da semana na Copa do Brasil. 

Bruno junto a seu colega de equipe Lucas Paquetá, que também foi convocado de última hora para substituir Phillipe Coutinho lesionado. 

Casemiro é o quinto corte nesta convocação. Já foram cortados Rodrigo CaioÉder Militão, Coutinho e Fabinho. Neymar continua na lista, sem condições de jogo diante para o primeiro duelo. 

 

A CBF afirmou que Bruno Guimarães fazia parte da lista de suplentes convocada pelo técnico Tite.  

O meia relacionado pelo técnico André Jardine, da Seleção Olímpica, que disputará dois jogos preparatórios na data FIFA deste mês. 

A apresentação dos 24 jogadores convocados está marcada para começar hoje (08) em Teresópolis.  

Serão quatro dias de treinamento na Granja Comary antes da viagem para São Paulo, local da partida contra a Venezuela, no Morumbi, na sexta-feira (13), às 21h30. Depois, a Seleção Brasileira fará mais três treinos no CT do São Paulo e viajará na segunda-feira (16) para Montevidéu onde enfrentará o Uruguai no dia seguinte, às 20h. 

Artigos Relacionados