Auxiliar do Vasco detona Soteldo, Marcelo Fernandes e diz: “Santos é o pior time do Brasil”

Emiliano Díaz disparou críticas ao clube santista
por
Felipe Alencar
2023-12-08 02:52:55

Filho e auxiliar do técnico Ramón Díaz no Vasco, Emiliano Díaz fez fortes críticas ao Santos nesta quinta-feira (7). Na última rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco conseguiu se manter na Série A, enquanto o time santista acabou rebaixado para a Segunda Divisão.

O que você precisa saber:

> Emiliano Díaz, auxiliar técnico do Vasco, criticou o Santos

> Auxiliar disparou contra Soteldo e o técnico Marcelo Fernandes

> Emiliano Diaz lembrou da partida entre os times na Vila Belmiro

Veja também:

++ Vasco trabalha com três nomes para ocupar o lugar de Paulo Bracks, diz jornalista

++ Mercado da Bola: veja as principais movimentações do Vasco no vai-e-vem do futebol

++ Casimiro Miguel revela conversa com Léo Ortiz e “emoção” no jogo entre Vasco e RB Bragantino

Aproveite e siga o Sambafoot no Facebook, no Instagram e no Twitter!

Emiliano Díaz concedeu uma entrevista para a rádio argentina Continental AM 590, de Buenos Aires. O auxiliar do Vasco lembrou da goleada sofrida por 4 a 1 para o Santos na Vila Belmiro. Emiliano Díaz desaprovou a postura de alguns santistas naquela partida.

“Foi uma partida totalmente atípica, porque para mim (o Santos) é o pior time do Brasil e perdemos por 4 a 1. Não só o Soteldo, o treinador (Marcelo Fernandes), as coisas que ele me disse… para ele falar do Ramón (Díaz)… é um cara que esteve na terceira divisão e nas categorias de base. E dizer o que ele disse quando estávamos no campo, foi uma falta de respeito total. Tem que ter conquistado a Libertadores, Mundial, tem que ter respeito”, cobrou Emiliano Díaz.

“O Soteldo não ganhou nada também, defende uma seleção que nunca foi a um Mundial. Fazer o que ele fez, me pareceu uma falta de respeito total. É preciso ter memória e respeito por aqueles que venceram. Não por mim, sou um simples auxiliar, mas tenho mais trajetória do que o técnico do Santos”, disparou.

“Agora ele (Marcelo Fernandes) vai treinar na segunda divisão, que para mim já é muita coisa, é o que ele merece”, concluiu.

Naquele duelo na Vila Belmiro, Soteldo teve uma atitude que deixou os vascaínos incomodados. Durante o segundo tempo do jogo, o atleta venezuelano pisou com os dois pés na bola. Os jogadores do Vasco reclamaram de provocação.

Na última quarta-feira, após a vitória sobre o Red Bull Bragantino e a permanência na Série A, atletas do Vasco deram uma resposta para Soteldo. Jogadores como Gary Medel, Rossi e Pablo Vegetti pisaram com os dois pés na bola, ironizando o atacante do Santos.

Anterior