Aposentou ou foi pra Ucrânia?

Oi, sumido! Por onde você andava? O futebol brasileiro revela muitos jogadores e o número de negociações com o exterior é cada vez maior.

E nós, torcedores, muitas vezes nos pegamos pensando “por onde anda aquele lateral esquerdo que jogava no meu time?”.

Chegou a hora de ligar o nosso radar e começar uma série de textos que busca responder a grande questão: afinal, parou de jogar bola ou está na Ucrânia?

Alan Patrick

Um dos nomes mais antigos e que ainda seguem no futebol ucraniano, Alan Patrick foi revelado pelo Santos em 2009 e chegou a atuar nas divisões de base do Brasil. Dois anos depois assinou com Shakhtar Donetsk e desde então ninguém nunca conseguiu contratar o meia em definitivo.

O jogador ficou insatisfeito algumas vezes de atuar na Ucrânia, mas o máximo que conseguiu foi saídas curtas por empréstimo. Foi assim que atuou pelo Internacional, em 2013, no Palmeiras, em 2015 e no Flamengo, em 2016.

Nos três clubes brasileiros, Alan Patrick demonstrou muita habilidade, mas nada que fizesse com que um deles chegasse a um acordo com o Shakhtar.

Após a passagem pelo rubro-negro, retornou ao clube detentor dos direitos esportivos dele e segue lá até agora, muitas das vezes como titular. O jogador tem 30 anos e contrato até dezembro de 2022.

Dentinho – Shakhtar

Mesmo revelado em um ano de crise pelo Corinthians, Dentinho conseguiu se destacar e deixar sua marca como um jogador muito talentoso. Tanto que o atacante chegou a atuar até pelo Sub-20 da seleção brasileira.

Ainda com 22 anos no ano de 2011, Dentinho aceitou ser negociado com o Shakhtar Donetsk, Desde então o jogador segue lá de forma praticamente ininterrupta, só saindo em 2013 para uma temporada jogando por empréstimo no Besiktas, da Turquia.

Após esta passagem, o atacante retornou ao Shakhtar e segue no clube até hoje, sendo presença garantida no time nas disputas da Liga dos Campeões. O jogador, de 32 anos, atualmente tem contrato até dezembro de 2021 e até cogitou retornar ao futebol brasileiro, mas adiou esta decisão para o final do ano.

Ismaily – Shakhtar

Outro nome do Shakhtar, Ismaily faz parte da lista dos jogadores que saem do Brasil antes de se tornarem conhecidos do torcedor. Aqui no país, o lateral atuou por São Bento e Desportivo Brasil. Depois rodou por Portugal, até que em 2013 se mudou para a Ucrânia.

Sempre titular no Shakhtar, o lateral ganhou destaque após ser convocado por Tite para a seleção brasileira no ano de 2018. Com prestígio no futebol ucraniano, o jogador até tem sido cogitado em outros clubes europeus e, portanto, é de se imaginar que um retorno ao Brasil esteja distante. Com 31 anos, ainda possui contrato com o Shakhtar até junho de 2023.

Sidcley – Dínamo

Outro lateral esquerdo no futebol ucraniano é Sidcley. O jogador de 28 anos foi revelado pelo Athletico-PR e já teve duas passagens pelo Corinthians. Com contrato com o Dínamo de Kiev desde 2018, ainda tenta se firmar como titular neste retorno ao clube no começo de 2021. Sidcley ainda tem vínculo com a equipe até junho de 2023.

Bill – Dnipro

Com um pouco menos destaque que os outros atletas dessa lista, Bill ainda procura seu lugar ao sol – e olha que sol na Ucrânia é um pouco raro – depois de surgir como promessa do Flamengo em 2019. O ponta-direita ficou badalado principalmente após fazer a jogada do gol de Arrascaeta na final da Taça Rio contra o Vasco.

Nos próximos meses e contando com uma concorrência grande em um time cheio de craques,  perdeu o espaço em um time e acabou emprestado para Ponte Preta e depois CRB. Entre idas e vindas o jogador assinou com o Dnipro. O jogador ainda pertence ao Rubro-negro, mas com o clube ucraniano tendo opção de compra.

Artigos Relacionados

jul 30, 2021
Balao Comentario 0
36 atletas em 20 times brigam para chegar à última eliminatória
set 07, 2021
Balao Comentario 0
Com grande destaque na equipe do Corinthians, Pedrinho foi contratado pelo Benfica de Jorge Jesus.