De casa nova! A trajetória do lateral Marcelo até chegar na Grécia

Lenda do Real Madrid, lateral encara novo desafio no futebol grego depois de jogar por 16 temporadas no gigante espanhol

Marcelo é uma verdadeira lenda do Real Madrid. Durante 16 temporadas, o lateral enfileirou títulos e se colocou entre os grandes da história do clube.

Como todo ciclo tem seu fim, o jogador se despediu da Espanha e assumiu um novo desafio na carreira. Fora do radar da Seleção Brasileira, existia a possibilidade até dele jogar novamente no Brasil, em movimento que outros veteranos fizeram.

Porém, ainda com potencial para desempenhar em alto nível, o camisa 12 decidiu ficar no Velho Continente.

Marcelo fecha com o Olympiacos para seguir na Europa

Depois de não renovar com o Real Madrid, Marcelo ficou algum tempo livre no mercado. Porém, no início de setembro, o lateral acertou com o Olympiacos, da Grécia.

O contrato é válido apenas por uma temporada e o brasileiro vai ter a oportunidade de provar que ainda pode jogar na elite europeia. Nos últimos meses, amargou a reserva na Espanha.

Porém, o Olympiacos está na fase de grupos da Europa League e Marcelo quer adicionar mais um título europeu ao seu currículo.

Além disso, a torcida também ficou empolgada com a contratação. Mais de 20 mil torcedores estiveram presentes no estádio Georgios Karaiskakis, em Atenas, para recepcioná-lo.

“Quase” acerto com o Leicester

De certa forma, o anúncio com o Olympiacos foi considerado uma surpresa. Dias antes, a imprensa europeia garantiu o acerto do ex-jogador da Seleção Brasileira com o Leicester, da Inglaterra.

Apesar disso, a notícia era falsa e foi dada por um canal no YouTube chamado “Spursito”. No encerramento da janela, muitos jornalistas tentam emplacar “furos” e os sites brasileiros e estrangeiros acabaram comprando essa notícia do suposto acerto.

A assinatura com o Leicester, naturalmente, não se concretizou. Dessa forma, ele entra para a lista de brasileiros que vestiram a camisa do Olympiacos, com destaque para Giovanni, Rivaldo e, mais recentemente, Rafinha.

Lateral fez história no Real Madrid

Marcelo jogou em apenas dois times profissionais na carreira. Pelo Fluminense, foram 30 jogos entre 2005 e 2006. Com apenas 18 anos, foi comprado pelo Real Madrid e escreveu sua história no clube espanhol.

Durante as 16 temporadas, virou sucessor de Roberto Carlos, ganhou a faixa de capitão e conquistou 25 títulos. É o maior vencedor da história da associação, com direito a cinco títulos da Champions.

Seus números são impressionantes. Com 546 jogos, é o segundo estrangeiro que mais vestiu a camisa do Real, atrás apenas de Karim Benzema.

Nesse caminho, passou Roberto Carlos e, ao menos em conquistas, é o brasileiro mais importante da história do time merengue. Nada mal!

Relembre as 25 conquistas de Marcelo no Real:

Campeonato Espanhol: 2006/07, 2007/08, 2011/12, 2016/17, 2019/20 e 2021/22.

Copa do Rei: 2010/11 e 2013/14.

Supercopa da Espanha: 2008, 2012, 2017, 2019/20 e 2021/22.

Champions League: 2013/14, 2015/16, 2016/17, 2017/18 e 2021/22.

Supercopa da Europa: 2014, 2016 e 2017.

Mundial de Clubes: 2014, 2016, 2017 e 2018.

Volta ao futebol brasileiro é adiada

Aos 34 anos, Marcelo tem longa carreira no Real Madrid e na Europa, com duas Copas do Mundo no currículo. Naturalmente, ele seria um excelente reforço para qualquer time do futebol brasileiro.

O Fluminense, clube que o revelou, fez consultas pelo jogador. Porém, ouviu que Marcelo ainda tinha interesse em ficar na Europa, o que acabou acontecendo. O Botafogo, time de infância, também foi especulado.

Como o contrato com o Olympiacos é de apenas um ano, o lateral pode pintar no Campeonato Brasileiro no segundo semestre de 2023. Mas isso vai depender das suas atuações na Grécia e da sua vontade de retornar ao país.

O Olympiacos começou a caminhada na Europa League com derrota para o Nantes, fora de casa. Agora, a chegada de Marcelo pode fazer a equipe subir de nível e, quem sabe, sonhar com títulos nacionais e internacionais.

Artigos Relacionados