Corinthians e Palmeiras impulsionam apostas e batem recordes de audiência no Brasileirão feminino

O futebol feminino ganha cada vez mais espaço no coração dos apaixonados por futebol.

Os grandes clubes brasileiros – e mundiais – têm investido pesado em suas equipes femininas, e o resultado já é visível dentro e fora das quatro linhas.

Realidade que foi comprovada no dia 26 de setembro, quando Corinthians e Palmeiras disputaram a grande final do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Pela terceira vez em sua história, o Corinthians conquistou o título ao derrotar as rivais do Palmeiras pelo placar de 3 a 1.  O Timão já havia vencido a primeira partida por 1 a 0, duas semanas antes.

Fora de campo, os resultados chamaram ainda mais a atenção e foram aplaudidos por aqueles que torcem pela evolução do esporte no país: recordes de audiência na TV aberta e fechada, números expressivos em plataformas de streaming, citações nas mídias sociais e o engajamento no número de apostas. Além, é claro, da satisfação dos patrocinadores do torneio.

A Rede Bandeirantes, que transmitiu a partida na TV aberta, ultrapassou os concorrentes diretos no horário, com picos de seis (6) pontos de audiência. Já o SporTV, que fez a transmissão em TV fechada, conquistou a liderança entre todos os canais esportivos concorrentes, além de ter ficado em segundo lugar geral no ranking da TV paga brasileira. A partida também foi transmitida no aplicativo Tik Tok, para smartphones, e teve mais de 355 mil espectadores.

Derby paulista impulsionou o número de apostas

A Casa de Apostas, patrocinadora do torneio na TV aberta, divulgou números expressivos de apostas em comparação à última temporada. De acordo com a plataforma, o clássico entre Corinthians e Palmeiras registrou um aumento de 100% dos interessados em apostar em comparação à final do Brasileirão Feminino de 2020, que foi decidido entre Corinthians e Ferroviária, quando o Timão também levou a melhor.

“Quanto mais estrutura, divulgação, mais interesse das pessoas. O mercado de apostas aqueceu com a rivalidade do Derby e do jogo em si, que foi amplamente divulgado, envolvendo diversas jogadoras de Seleção Brasileira”, disse Hans Schleier, diretor de marketing da empresa.

Corinthians no futebol feminino

O Corinthians é, no momento, uma das principais equipes do futebol feminino no Brasil. O clube foi inicialmente fundado em 1997 e desativado em 2008, tendo a reabertura de seu departamento apenas em 2016. Desde então, os títulos não param de chegar para as meninas do Parque São Jorge.

O Timão conquistou, desde a reabertura do Departamento de Futebol Feminino, dois Campeonatos Paulistas (2019 e 2020), uma Copa do Brasil (2016), três Campeonatos Brasileiros (2018, 2020 e 2021) e duas Copas Libertadores da América (2017 e 2019).