• Atlético Mineiro
  • Fluminense
  • Grêmio
  • São Paulo FC
  • Corinthians
  • Internacional
  • Vasco da Gama
  • Santos FC
  • Sport
  • Palmeiras
  • Atlético PR
  • Chapecoense
  • Ponte Preta
  • Avai
  • Cruzeiro
  • Flamengo
  • Figueirense
  • Goias
  • Coritiba
  • Joinville

Blatter elogia organização da Copa das Confederações: "Foi a melhor"

Presidente da Fifa deixa em segundo plano problemas em estádios e protestos pelo Brasil
Action Images

Apesar dos problemas que marcaram esta Copa das Confederações, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, considera que a edição atual do torneio foi a melhor já realizada em termos de organização. Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (28), no auditório do Maracanã, o dirigente minimizou assuntos como os protestos contra a utilização de dinheiro público na construção das arenas e as reclamações das equipes sobre os locais de treinamentos.

- Esta foi a melhor Copa das Confederações que jamais fora organizada. Do ponto de vista da organização, dos estádios novos em folha. Exceto a reclamação sobre o local de treino em Recife, recebemos somente congratulações de todas as equipes que participaram do torneio - disse Blatter.

Em relação aos eventos ocorridos dentro das quatro linhas, o presidente da entidade máxima do futebol também mostrou-se satisfeito. Na avaliação de Blatter, a Copa-2013 não foi campeã somente no quesito organização, mas também em termos de qualidade técnica. Ele destacou o fato de nenhum cartão vermelho ter sido dado até agora e elogiou o sistema colocado em prática para detectar casos de doping.

- Foi um torneio justo e a melhor Copa das Confederações em termos de qualidade técnica. Não houve cartão vermelho direto e poucos amarelos. Tenho que parabenizar a todos por terem nos mostrando um nível bom de futebol. Estamos muito felizes pela chance de voltar ano que vem, com as 32 seleções. Outra questão que gostaria de falar é sobre a luta da Fifa contra o doping. Todos os controles realizados na Copa das Confederações deram negativo.

Blatter afirmou ainda não ter temido em nenhum momento a suspensão dos jogos por conta das manifestações que ganharam as ruas das cidades-sede do torneio. O dirigente exaltou a confiança da Fifa no governo brasileiro e garantiu que a entidade tem motivos suficientes para sair do país fortalecida e otimista para a realização da Copa do Mundo do ano que vem.

- A Fifa nunca teve dúvidas sobre a realização dos jogos, nunca tememos que fossem suspensos. É uma questão de confiança, não só no governo como na população do país. A Fifa saiu muito grande deste torneio - declarou o mandatário da Fifa.

 
 

Ultimas notícias

  • Todas
  • Seleção
  • Clubes
  • Jogadores
prev
    next

    Fórum de Futebol

    To the top