• Atlético Mineiro
  • Fluminense
  • Grêmio
  • São Paulo FC
  • Corinthians
  • Internacional
  • Vasco da Gama
  • Santos FC
  • Sport
  • Palmeiras
  • Atlético PR
  • Chapecoense
  • Ponte Preta
  • Avai
  • Cruzeiro
  • Flamengo
  • Figueirense
  • Goias
  • Coritiba
  • Joinville

Brasil 2x0 México - Neymar comanda vitória sem brilho da Seleção

Atacante protagonizou o melhor dos canarinhos na partida: gol e passe para Jô nos acréscimos
Mowa Press

A torcida brasileira se apegou à maestria de Neymar em campo nesta quarta-feira (19). Não se encantou com o conjunto, mas teve razões para festejar. Autor do primeiro gol da vitória de 2 a 0 sobre o México, na Arena Castelão, o astro ainda deu passe em jogada de encher os olhos nos acréscimos para Jô - novamente ele - dar os números finais do segundo triunfo verde e amarelo na Copa das Confederações.

Com o resultado, os comandados de Luiz Felipe Scolari encaminharam a classificação antecipada para as semifinais. Logo mais, Japão e Itália medirão forças em Recife, e o Brasil só não assegura a vaga na próxima fase caso os orientais saiam vitoriosos. O próximo compromisso da Seleção é contra a própria Itália, no sábado, em Salvador.

Arrasador no início, Brasil cai de produção

O início foi o ponto alto do Brasil na partida. A Seleção se mostrou cheia de disposição para balançar as redes logo nos primeiros minutos em que a bola rolou em Fortaleza. Tanto é que, aos quatro, Oscar chegou a marcar o seu. Só que tudo aconteceu após Neymar, em posição de impedimento bem assinalada pela arbitragem, cruzar da esquerda.

Determinado a tomar as rédeas da partida, o Brasil voltou a avançar aos oito. O zagueiro Rodríguez cortou cruzamento de Daniel Alves, deixando a bola em direção próxima à de Neymar, que chegava pela esquerda. Esbanjando técnica, o atacante emendou de primeira, de perna esquerda, um chute potente para abrir o placar. A maior esperança da torcida brasileira para a Copa de 2014 mais uma vez deixava sua marca dando tranquilidade ao grupo.

A sorte ficou do lado verde e amarelo aos 15 minutos. Chicharito ganhou de Daniel Alves e cruzou da esquerda para o meio da área. David Luiz fez o corte e tentou um chapéu, entregando o ouro ao adversário na cara do gol canarinho. Thiago Silva precisou salvar, e Mier teve de errar por questão de milímetros ao fazer a redonda passar rente à trave direita de Júlio César. 

Neymar rouba a cena nos momentos finais

No segundo tempo, mais um gol anulado. Uma alegria que durou pouco quando Thiago Silva foi flagrado em posição irregular ao completar para as redes, após cobrança de falta de Neymar. Os brasileiros insistiram, e Hulk, aos nove, desperdiçou ótima chance depois de tabelar com Neymar. O chute saiu pelo lado de fora das redes. Do outro lado, chance melhor ainda para Chicharito. O corte salvador de David Luiz evitou que o placar se igualasse aos 14 minutos.

Apagado em campo, Oscar saiu para a entrada de Hernanes. Mas quem chamou a responsabilidade foi Paulinho. Aos 20, o jogador do Corinthians arrancou para levantar a arquibancada. No fim, serviu Neymar, que viu o goleiro Corona espalmar para escaneio. Os lances encerraram temporariamente um momento de brilho individual dentro do elenco. O que se viu em seguida não animou. A defesa desprotegida por Marcelo pelo lado direito quase fez a alegria dos mexicanos em algumas oportunidades.

Felipão seguiu com as trocas e mandou Lucas para campo, tirando Hulk. Melhor jogador disparado no gramado cearense nesta quarta, Neymar se livrou de dois marcadores pela esquerda e tocou para Jô, que havia entrado no lugar de Fred, para fazer o 2 a 0, aos 47 minutos.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 2 X 0 MÉXICO

Estádio: Arena Castelão, Fortaleza (CE)

Data/Hora: 19/6/2013 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Howard Webb (ING)

Auxiliares: Michel Mullarkey (ING) e Darren Cann (ING)

Público: 71.527 torcedores

Cartões amarelos: Thiago Silva, Daniel Alves (BRA); Guardado, Herrera, Rodriguez(MEX)

Cartões vermelhos: -

Gols: Neymar, 9'/1ºT (1-0); Jô, 47'/2ºT (2-0)

BRASIL: Julio Cesar, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar (Hernanes - 16'/2ºT); Neymar, Hulk (Lucas - 32'/2ºT) e Fred (Jô - 37'/2ºT).

MÉXICO: Corona, Flores (Herrera - 12'/2ºT), Francisco Rodríguez, Héctor Moreno e Salcido; Torrado (Jimenez - 41'/2ºT), Mier, Torres (Barrera - 24'/2ºT) e Guardado; Giovani dos Santos e Chicharito Hernández.

 
 

Ultimas notícias

  • Todas
  • Seleção
  • Clubes
  • Jogadores
prev
    next

    Fórum de Futebol

    To the top