• Atlético Mineiro
  • Fluminense
  • Grêmio
  • São Paulo FC
  • Corinthians
  • Internacional
  • Vasco da Gama
  • Santos FC
  • Sport
  • Palmeiras
  • Atlético PR
  • Chapecoense
  • Ponte Preta
  • Avai
  • Cruzeiro
  • Flamengo
  • Figueirense
  • Goias
  • Coritiba
  • Joinville

Fluminense 1 x 3 Macaé - Mistão tricolor joga mal e cai em Bangu

Com a presença do zagueiro Digão, sistema defensivo teve péssima atuação neste sábado
PHOTOCAMERA.COM.BR
Mau resultado deixa a equipe em situação complicada no grupo B da Taça Rio

Se algo tem dado errado para o Fluminense neste início de temporada, trata-se indubitavelmente da campanha na Taça Rio. Após ter perdido para o Resende na estreia na competição (1x2) e para o rival Flamengo no último final de semana (0x2), o Tricolor caiu novamente na tarde deste sábado. O algoz da vez foi o pequenino Macaé, que vinha de três vitórias em três partidas. A equipe do técnico Toninho Andrade manteve os 100% de aproveitamento com mais um ótimo triunfo sobre um Flu que atuava com time misto, sem as estrelas Deco e Fred.

O jogo: bom início tricolor seguido de falhas defensivas

O Fluminense começou a partida confiante, tentando partir para o ataque. Apostando na correria de sempre do jovem Wellington Nem, a equipe foi à frente sem medo e chegou a criar uma boa oportunidade logo nos primeiros instantes, em uma jogada do lateral direito Bruno. Mas a defesa tricolor encontrava-se muito exposta aos contra-ataques adversários, e Macaé não demorou para equilibrar as ações.

Aos 12 minutos, foi a equipe do norte do estado que deu o primeiro golpe. Carlos Alberto avançou pela esquerda e fez cruzamento perfeito para o atacante Pipico, que testou firme para abrir o placar. O lance deu confiança ao Leão, que cresceu e passou a explorar cada vez mais a desorganizada e fraca retaguarda tricolor. Os comandados do técnico Abel Braga ainda tentaram reagir com bons lances de Wellington Nem e Jean, os únicos atletas realmente em um bom dia no time. Mas o Macaé, muito mais bem postado, se defendia bem das investidas e proporcionava perigo em todo e qualquer contra-ataque.

Leão sobra no segundo tempo

Na etapa complementar, a má atuação da maioria do time do Fluminense e as inúmeras falhas defensivas falaram mais alto. Já com o jovem Matheus Carvalho em campo, o Tricolor até criou a primeira grande oportunidade dos 45 minutos finais, e chegou perto de marcar com Rafael Moura. Mas aos 11, o Macaé praticamente enterrou as esperanças dos mandantes. Pipico, o nome do jogo, cruzou na área, e Josiel escorou de cabeça para trás. Wallacer pegou o rebote e finalizou da entrada da área para fazer 2x0.

Aos 33, o ex-artilheiro do Campeonato Brasileiro Josiel apareceu novamente em uma jogada aérea. Mas desta vez não foi apenas para ajeitar a bola para um companheiro. O camisa 9 recebeu mais um ótimo cruzamento pela direita e cabeceou com total liberdade no meio dos beques adversários, em mais um erro clamoroso da retaguarda tricolor. Era o terceiro do Leão.

Ainda houve tempo para "gol de honra" do Flu. Em uma rara confusão da defesa macaense, Rafael Moura serviu Matheus Carvalho, que invadiu a área e finalizou de pé direito, no canto do goleiro Luís Henrique. Era o ato final do jogo em Bangu, e o segundo tento do jovem atacante em 2012.

Com o resultado, o Fluminense caiu para a 5ª posição do grupo B da Taça Rio 2012, com 3 pontos conquistados, e ainda aguarda pelos jogos de Duque de Caxias e Boavista neste domingo para saber a sua colocação final ao fim da rodada. Em situação complicadíssima, o Tricolor enfrentará o Bonsucesso no próximo domingo, novamente no estádio Moça Bonita, na esperança de ainda manter-se vivo. O horário da partida ainda não foi confirmado.

O Macaé, por outro lado, tem motivos de sobra para sorrir. A equipe manteve os 100% de aproveitamento que tinha e abriu cinco pontos de vantagem na liderança do grupo A. O próximo compromisso do Leão será contra o Americano, às 16h do próximo domingo, em Conselheiro Galvão.

 

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE FC 1 X 3 MACAÉ EFC

Local: Estádio Proletário Guilherme da Silveira, Rio de Janeiro (RJ)

Data-Hora: 17/03/2012 - 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Maurício Machado Coelho Júnior (RJ)

Auxiliares: Rodrigo Joia (RJ) e Rodrigo Henrique Corrêa (RJ)

Renda/público: R$ 31.050,00/1.386 pagantes

Cartões amarelos: Edwin Valencia, Anderson e Jean (Fluminense); Wallacer e Carlos Alberto (Macaé)

Cartão vermelho: Não houve

Gols: Pipico, 11'/1ºT (0-1); Wallacer, 10'/2ºT (0-2); Josiel, 33'/2ºT (0-3); Matheus Caravalho, 45'/2ºT (1-3)

FLUMINENSE (4-2-3-1): Diego Cavalieri; Bruno (Matheus Carvalho, intervalo), Digão, Anderson e Carlinhos; Edwin Valencia e Jean; Wellington Nem, Manuel Lanzini (Wágner, 23'/2ºT) e Souza; Rafael Moura (capitão). Técnico: Abel Braga.

MACAÉ (4-2-2-2): Luís Henrique; Valdir, Ramon, Douglas Assis e Carlos Alberto (Édson, 10'/2ºT); Gedeil (Bruno Barra, 23'/2ºT) e Wagner; André Gomes (capitão) e Wallacer; Pipico e Josiel (Thiago Lima, 37'/2ºT). Técnico: Toninho Andrade.

 
 

Ultimas notícias

  • Todas
  • Seleção
  • Clubes
  • Jogadores
prev
    next

    Fórum de Futebol

      prev
      next
      To the top