• Atlético Mineiro
  • Fluminense
  • Grêmio
  • São Paulo FC
  • Corinthians
  • Internacional
  • Vasco da Gama
  • Santos FC
  • Sport
  • Palmeiras
  • Atlético PR
  • Chapecoense
  • Ponte Preta
  • Avai
  • Cruzeiro
  • Flamengo
  • Figueirense
  • Goias
  • Coritiba
  • Joinville

Santos 3 x 1 Internacional – Neymar, Neymar e Neymar! Jóia marca 3 vezes e dá vitória ao Peixe na Libertadores.

Messi, cinco vezes, e Neymar, três, tornaram esta quarta-feira especial para os fãs do futebol em todo mundo
Action Images
Leandro Damião, também da Seleção, descontou para o Colorado

Na mesma quarta-feira em que Lionel Messi assombrou o mundo do futebol com cinco gols na vitória do Barcelona por 7 a 1 sobre o Bayern Leverkusen – recorde de tentos convertidos em uma mesma partida de Champions League por um único jogador – Neymar resolveu mostrar o motivo de ser cobiçado pelos maiores clubes europeus. O craque, na Vila Belmiro, marcou 3 vezes e comandou a vitória santista de 3 a 1 sobre o Internacional, pela Libertadores. Leandro Damião, centroavante da Seleção, descontou para o Colorado.

O jogo:

Santos pressiona muito na etapa inicial

No dia em que completou 3 anos como jogador profissional, Neymar esteve inspiradíssimo e mostrou ao mundo que poderia, um dia, brilhar como o camisa 10 do Barcelona, o qual, pouco antes, havia impressionado ao marcar 5 vezes pela Champions League. O craque santista protagonizou praticamente todas as jogadas ofensivas de sua equipe, a qual exerceu forte pressão durante a etapa inicial.

Logo aos 6 minutos, o cartão de visitas. O atacante driblou Rodrigo Moledo com facilidade e iniciou o lance que terminou com uma má conclusão de Ibson. Depois, aos 11, o mesmo Neymar finalizou para que Muriel salvasse o Inter.

Na roda, o Internacional estava assistindo os santistas jogarem e, para que o gol saísse, era apenas uma questão de tempo. A pressão dos donos da casa era forte e não demorou para que a Jóia colocasse-os em vantagem. Evandro Roman assinalou pênalti (um tanto controverso) de Índio em Borges. Neymar cobrou no canto e fez o primeiro.

E o ritmo não diminuiu. Arouca deu passe para o “cabeça de galo” – como é conhecido na Espanha -, que acertou uma bomba na trave direita do goleiro colorado. Depois, foi a vez de Juan quase ampliar. O craque da Vila serviu o lateral-esquerdo do time, o qual chutou rasteiro, levando muito perigo. Antes de chegar à frente, as principais ações de ataque alvinegras passavam pelos pés de Ganso, novamente jogando bem.

Neymar faz a diferença

Na segunda etapa o Santos diminuiu um pouco de intensidade. Exceto por Neymar, que voltou melhor do que nunca e presentearia os felizardos torcedores que lotaram a Vila Belmiro com duas obras de arte. Já o Internacional melhorou e foi quem assustou primeiro. Leandro Damião recebeu ótimo cruzamento rasteiro de Nei, pela direita, e Rafael fez linda defesa.

Exatamente 3 minutos após o goleiro santista salvar a equipe, foi a vez do craque (sempre ele) espantar o susto. Neymar arrancou do meio de campo, passou na velocidade por 3 adversários e, na frente de Muriel, tocou por cima para ampliar. Um gol de placa no gramado que o revelou para o futebol.

Melhor do que no primeiro tempo, o Colorado reduziu o prejuízo. Kleber deu bom lançamento na esquerda para Oscar, quem passou para Leandro Damião. O centroavante da Seleção só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede.

Assim como no início desta metade, depois do susto veio a resposta santista. Sempre dos pés de Neymar. Dessa vez, o intervalo foi de apenas um minuto. Parecido com o segundo gol que fez, o atacante assinalou o terceiro. Uma nova arrancada do meio-campo até ficar cara a cara com Muriel. Mais uma vez, o craque encobriu-o.

Felizes os que foram à Vila nesta quarta-feira. Neymar completou 3 anos como profissional e quem ganhou o presente foi a torcida que lotou o estádio. Grande partida da Jóia.

 
 

Ultimas notícias

  • Todas
  • Seleção
  • Clubes
  • Jogadores
prev
    next
    Betano

    Fórum de Futebol

      prev
      next
      To the top