• Atlético Mineiro
  • Fluminense
  • Grêmio
  • São Paulo FC
  • Corinthians
  • Internacional
  • Vasco da Gama
  • Santos FC
  • Sport
  • Palmeiras
  • Atlético PR
  • Chapecoense
  • Ponte Preta
  • Avai
  • Cruzeiro
  • Flamengo
  • Figueirense
  • Goias
  • Coritiba
  • Joinville

Fluminense 3x0 Nova Iguaçu – Rafael Sóbis brilha e Tricolor vence a primeira na Taça Rio

Camisa 23 foi o grande nome do jogo, com dois gols marcados
PHOTOCAMERA.COM.BR
Comandados de Abel Braga tiveram dificuldades durante a partida, mas mostraram qualidade para resolver no segundo tempo

A comissão técnica do Fluminense respira aliviada. O Tricolor das Laranjeiras bateu o Nova Iguaçu pelo placar de 3x0 neste sábado, após a ousada decisão de mandar os titulares a campo às vésperas da partida contra o Boca Juniors, pela Libertadores. Mesmo passando por dificuldades, sobretudo no primeiro tempo, o Tricolor fez valer a sua superioridade técnica e o seu toque de bola e venceu de maneira confortável, com uma atuação envolvente na etapa complementar.

O jogo: gol e duplo apagão

Com as principais peças em campo, o Fluminense parecia disposto a exibir o futebol de qualidade que o sagrou campeão da Taça Guanabara. Logo nos primeiros minutos, a equipe quase abriu o placar com o atacante Rafael Sóbis, que jogava no lugar de um poupado Thiago Neves. Mas a resposta do Nova Iguaçu foi rápida, e os representantes do interior chegaram perto de marcar com Mossoró.

Passados os primeiros minutos de intensidade, o Flu começou a se estabelecer na partida. Sempre no ritmo do craque Deco, o Tricolor tocava a bola com qualidade e cercava a área adversária, mas esbarrava em uma marcação bem feita. O gol finalmente veio com Rafael Sóbis, que minutos antes desperdiçara uma chance incrível. Desta vez, o jogador completou cruzamento de Fred, após bela trama com Deco, e botou sua equipe na frente.

Mas o 1x0 pareceu fazer mal aos comandados de Abel Braga e, tal qual o placar eletrônico defeituoso do Raulino de Oliveira, o Flu apagou na partida. O Nova Iguaçu, por outro lado, adiantou a marcação e passou a sufocar a saída de bola adversária. Sentindo a necessidade de correr atrás do resultado, o Laranja Mecânica explorava a falta de recurso técnico dos defensores tricolores e chegava a criar algumas boas oportunidades.      

Ressurreição tricolor e bombardeio

Na volta para o segundo tempo, a partida mudou de figura, com um Fluminense que parecia mais acordado após uma possível bronca do técnico Abel Braga. Embora o perigo ainda existisse nos contra-ataques do Nova Iguaçu, o Tricolor voltou a tocar a bola com a qualidade que havia apresentado no início da partida, e quase abriu o placar. Fred, em duas cabeçadas, criou as melhores oportunidades, forçando uma bela defesa do goleiro Jefferson no primeiro lance e acertando o travessão no segundo.

O Nova Iguaçu tentou responder com o centroavante Leandrão. Mas o camisa 9 perdeu uma chance incrível, sozinho dentro da área. A noite era mesmo tricolor. Pouco após o técnico Abel realizar as três alterações na equipe, colocando em campo o volante Jean, o meia Souza e o atacante Matheus Carvalho, o Fluminense ampliou a vantagem. Rafael Sóbis, mais uma vez, recebeu na entrada da área e arriscou um chute forte. A bola desviou e enganou o goleiro Jefferson: 2x0.

Não houve nem tempo para qualquer tentativa de reação. Apenas dois minutos depois, uma bela trama pelo lado direito do ataque tricolor terminou com um toque de calcanhar de Souza para Matheus Carvalho. O jovem atacante, que fazia sua primeira partida no ano após retornar de lesão, mostrou estrela e finalizou no canto para ampliar ainda mais o placar. Com a grande vantagem, restou ao Fluminense apenas tocar a bola e esperar o apito final do árbirtro William Marcelo de Souza Nery, confirmando a primeira vitória da equipe no segundo turno do Carioca 2012.

Com o resultado, o Tricolor sobe provisoriamente para a 3ª posição do Grupo B, com 3 pontos conquistados. O próximo compromisso pela Taça Rio será contra o rival Flamengo, às 18h30 do próximo domingo, no Engenhão. Antes disso, no entanto, o time das Laranjeiras irá a Buenos Aires enfrentar o Boca Juniors, às 22h da próxima quarta-feira, em partida válida pela Copa Libertadores da América. O Nova Iguaçu, agora em 4º no Grupo A, com 3 pontos, receberá o Duque de Caxias no próximo sábado. O jogo acontecerá no estádio Laranjão, às 16h.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)

Data/Horário: 03/03/2012 - 18h30 (horário de Brasília)

Árbitro: William Marcelo de Souza Nery (RJ)

Gols: Rafael Sobis, 26'/1ºT (1-0); Rafael Sobis, 29'/2ºT (2-0); Matheus Carvalho, 31'/2ºT (3-0)

Cartões amarelos: Edwin Valencia (Fluminense); Naylhor e Paulo Henrique (Nova Iguaçu)

Cartões vermelhos: Não houve

Fluminense (4-2-3-1): Diego Cavalieri; Bruno, Digão, Anderson e Carlinhos; Edwin Valencia e Diguinho (Jean - 26'/2ºT); Wellington Nem (Matheus Carvalho - 28'/2ºT), Deco (Souza - 26'/2ºT) e Rafael Sóbis. Fred (capitão). Técnico: Abel Braga.

Nova Iguaçu (4-2-2-2): Jefferson; Marcelinho, Naylhor (capitão), Dirceu e Chiquinho; Amaral e Paulo Henrique (Jefferson Silva - 14'/2ºT); Mossoró e Dieguinho (Lukian - 32'/2ºT); Leandrão (Jones - 22'/2ºT) e Zambi. Técnico: Leonardo Condé.

 
 

Ultimas notícias

  • Todas
  • Seleção
  • Clubes
  • Jogadores
prev
    next

    Fórum de Futebol

      prev
      next
      To the top