• Atlético Mineiro
  • Fluminense
  • Grêmio
  • São Paulo FC
  • Corinthians
  • Internacional
  • Vasco da Gama
  • Santos FC
  • Sport
  • Palmeiras
  • Atlético PR
  • Chapecoense
  • Ponte Preta
  • Avai
  • Cruzeiro
  • Flamengo
  • Figueirense
  • Goias
  • Coritiba
  • Joinville

Após duas derrotas consecutivas, Vasco volta a vencer

Juninho, entusiasmado com seu retorno, comandou a vitória do Vasco e vibrou com a torcida
FOTOCOM.NET
Time da Colina derrota o Internacional e faz a pazes com a vitória

No retorno de Juninho à sua casa, São Januário, o Vasco da Gama voltou a vencer no Campeonato Brasileiro, pela 9ª rodada da competição. O visitante Internacional foi derrotado pelo placar de 2 a 0. Os gols foram feitos por Eder Luis e Dedé. A partida também marcou o reencontro de Alecsandro com seu antigo clube.

 

A vitória lançou o time de São Januário a 3 posições acima na tabela. A equipe, agora, ocupa a 7ª colocação com 14 pontos conquistados. Já o Internacional permaneceu com seus 15 pontos no 4º lugar do Brasileirão.

 

O Vasco da Gama volta a campo daqui a uma semana, no próximo sábado, dia 16 de julho, para receber o Atlético-PR, às 18h30m, em São Januário. O Inter também jogará em casa, no Beira Rio, onde enfrentará o São Paulo, às 18h30, no domingo.

 

O jogo:

 

Gol de Eder Luis faz a diferença no 1º tempo

 

Tendo sido derrotado nas duas últimas ocasiões (Cruzeiro e Corinthians), o Vasco da Gama aproveitou o mando de campo e iniciou o jogo partindo para cima do seu adversário. Logo aos 6 minutos, Felipe deu belo passe na esquerda para Marcio Careca, que centrou a bola rasteira na área do Internacional. Eder Luis chegou atrasado, pegou mal não bola e não conseguiu completar para dentro do gol.

 

Aos poucos o time colorado acertou a marcação e começou a dar trabalho para a criação de jogadas dos donos da casa. O Vasco tomava a iniciativa do jogo, mas, com dificuldades de jogar, passou a errar muitos passes. O Internacional recuperava a bola e tentava contra-ataques.

 

Em uma dessas tentativas coloradas, o trio D’Alessandro, Zé Roberto e Leandro Damião levou perigo. O argentino carregou a bola pelo meio e tocou para Zé Roberto. O ex-jogador vascaíno, que saiu de forma polêmica de São Januário e foi vaiado a cada momento que tocou na bola, passou de primeira para o atacante. O último se atrapalhou na hora de dominar, mas ganhou dividida com Anderson Martins e chutou rasteiro para boa defesa de Prass.

 

Poucos minutos depois foi a vez do Vasco responder. O atacante do Inter perdeu sua chance, mas o vascaíno não. Em cobrança de escanteio, aos 24 minutos, Rômulo subiu mais que a zaga adversária e cabeceou forte para defesa espetacular de Muriel. No rebote, Eder Luis evitou que a bola saísse pela linha de fundo, dominou e chutou rasteiro, por baixo do goleiro. Foi o gol que levou o time em vantagem para o intervalo e reconquistou a torcida, que já começava a ficar insatisfeita, pois o time errava muito e não conseguia mais criar oportunidades de perigo. A marcação dos visitantes funcionava bem.

 

O mesmo Eder Luis teve a chance de ampliar e deixar o placar mais confortável para o Vasco no 1º tempo. Felipe deu linda enfiada de bola para o atacante que, dessa vez, parou na trave. Foi uma bomba no travessão.

 

Antes de encerrar a 1ª etapa, Marcio Careca, sentindo dores, pede substituição. O jogador, constantemente criticado pela torcida, sai de campo para dar lugar ao improvisado Jumar. O substituto teve melhor atuação que o titular original e neutralizou bem as tentativas ofensivas pela esquerda do Colorado, além de apoiar com eficiência o ataque em determinados momentos. Por fim, no último lance de perigo dessa etapa, Juninho cobrou falta com perigo à baliza de Muriel. Passou muito perto e assustou o goleiro.

 

Dedé garante a vitória

 

No 2º tempo, as duas equipes erravam mais passes do que na etapa inicial. O Internacional buscava o empate, mas não conseguia passar da sólida defesa vascaína, que fez bela partida. Do outro lado, os cruzmaltinos não saíam da marcação forte dos gaúchos.

 

Felipe era um dos que mais errava passes na partida, apesar de ter saído de seus pés dois lances de perigo no 1º tempo. O jogador, muito aplaudido, foi o 2º a ser substituído na equipe do Vasco da Gama e deu lugar ao volante Diego Rosa, para intensificar a marcação. Falcão também mexeu no time. Tirou Fabricio e lançou Gilberto, tentando fazer o jogo fluir mais no meio campo de seus comandados.

 

Surgiram algumas poucas oportunidades de ambos os lados. Do lado do Inter, Leandro Damião era a referência na área. Muito procurado nos cruzamentos, teve uma boa chance e acabou sendo atrapalhado por Jumar. Quando não foi procurado, D’Alessandro tentou driblar Fernando Prass e acabou se atrapalhando. Já o Vasco perdeu um gol com Alecsandro, após belo cruzamento do mesmo Jumar. Juninho em cobrança de falta também deu trabalho.

 

Aos 37 minutos veio o alívio. Juninho, mais uma vez cobrando bem uma falta na direita, mandou a bola forte e quicando para a área. Muriel espalmou, mas Dedé, de cabeça, empurrou para o gol do Inter. O zagueiro deu números finais ao jogo. O medo de o time ceder o empate, como ocorreu em algumas rodadas da competição, estava afastado.

 

Acabada a partida, o grande dono da festa, Juninho Pernambucano, foi comemorar com a torcida, que não compareceu em grande número, muito provavelmente, pelo preço do ingresso. A entrada da arquibancada custou R$ 50,00 (R$25,00 a meia), um valor muito acima da realidade de muitos vascaínos.

 

Visivelmente entusiasmado com seu retorno a São Januário e sua primeira vitória pelo Vasco em 2011, o Reizinho tirou a camisa e rodou-a no ar, agitando os presentes que entoaram o canto de “Ei, ei, ei, o Juninho é o nosso rei”, reverenciando o jogador, que teve atuação impecável. Jogou os 90 minutos, contribuiu na marcação e cobrou com perfeição todas as faltas. Dedé, outro ídolo da torcida, se juntou ao veterano e também foi homenageado, sendo – como habitualmente é – chamado de “melhor zagueiro do Brasil”.

 
 

Ultimas notícias

  • Todas
  • Seleção
  • Clubes
  • Jogadores
prev
    next
    Betano

    Fórum de Futebol

      prev
      next
      To the top